SABIA QUE O ” ONANISMO” PODE AFASTAR VOCÊ DE DEUS? VEJA POR QUE.

2

Certa pessoa disse: Será que a masturbação é errada aos olhos de Deus? Será que ela afetará minha saúde física,ou mental no futuro? Ou afetará meu relacionamento quando eu estiver casado(a)?
Ou será que mim levará a me tornar um homossexual no futuro?

Estas perguntas afligem muitas pessoas jovem.
Qual a razão? A masturbação, ou o auto-erotismo deliberado, a fim de conseguir a estimulação sexual, é muita difundidas. Alega-se mais de 97% dos varões, e mais de 90% das mulheres já se masturbaram quando atingiram os 21 anos.
Ademais ,tal hábito tem sido culpado por toda sorte de males, desde as verrugas e as pálpebras avermelhadas até a epilepsia e a doença mental.
Sem contar que os que se viciaram, não conseguiram largar esse vício mesmo depois de casado,m levado o pudor por relações sexual entre marido e mulher, ambos se satisfazendo sexualmente a sóis, trazendo sobre si o próprio egoismo, com isso causando sérios problemas no casamento.

Muitos jovens cristãos ficam muito preocupados com a gravidade deste hábito.
Vejam o que disse certo jovem: “Quando me entregava a ela eu sentia como se estivesse falhando para com o meu Deus.”
As vezes ficava seriamente deprimida. Outro jovem pergunta : “ Será a masturbação um pecado imperdoável?”

O que será que Deus pensa? Embora Deus condene expressamente, como pecados crassos, as transgressões sexuais, tais como o sexo pré-marital, fornicação, adultério, homossexualismo, a bestialidade, ele não menciona a masturbação. Levítico 18:20, 22-23
A masturbação era comum no mundo grego nos tempos bíblicos, e utilizavam-se várias palavras gregas para descrever tal hábito. É interessante que nenhuma de tais palavras é empregada na Bíblia.

Visto que a masturbação não diretamente condenada na Bíblia, significa isto que é inofensiva?
Absolutamente que não!
Mesmo os que estão especialmente interessados no ponto de vista de Deus, não se sente a vontade quanto a este hábito.
Por exemplo: o Dr Aron Hass, em sua pesquisa sobre os hábitos sexuais de 625 adolescentes que se relator: A maioria dos adolescentes que se masturbavam informou ter sentimentos de culpa, de vergonha, de sujeira, de tolice, de embaraço, ou de algo anormal.” Por certo, a masturbação é um hábito impuro. Mas, visto que “ impureza”, segundo Deus, é um termo que permite ampla diversidade de graus de gravidade, não se deve colocar a a masturbação na mesma categoria que pecado graves tais como a fornicação, ou outros tipos de crassa imoralidade sexual.

No entanto, Deus compreende que não é fácil manter as proibições da bíblia contra a crassa imoralidade sexual. Assim sendo, ele aconselha como é que se evita a imoralidade sexual.
Em Isaías 48:17
Os princípios de Deus indicados em sua palavra, indica que vocês ‘tira proveito’ de suas palavras, por resistir fortemente a este hábito impuro.

Em Colossenses 3:5 Nos diz: Amortecei portanto, os membros do vosso corpo,” com respeito ao apetite sexual. Este apetite sexual não se refere àquelas novas sensações sexuais que se a maioria dos jovens sente durante a puberdade, das quais não há necessidade de se envergonhar.
O apetite sexual existe quando tais sentimentos são intensificados, de modo que a pessoa perde o controle de si. Este apetite sexual têm levado à crassa imoralidade sexual, conforme nos tem informado a Bíblia. Romanos 1:26,27.
Talvez diga: Não são tais desejos amortecidos pela masturbação? Pelo contrário, como um jovem admitiu: Quando você se masturba, sua mente se fixa nos desejos errados, e tudo que faz é aumentar seu apetite por eles”. Não raro usa se uma fantasia imoral para aumentar o prazer sexual.
Neste caso, se as circunstâncias forem propicias, você poderá facilmente cometendo imoralidade.
Um jovem lamentou, depois de cometer fornicação: Houve época em que eu achava que a masturbação podia aliviar a frustração, sem que eu ficasse envolvido com uma mulher. No entanto, vim a sentir sobrepujante desejo de fazer isso.
Com efeito, um estudo de âmbito nacional revelava que, dentre os adolescentes que se masturbavam, a maioria também cometia fornicação.
Ultrapassavam os que eram virgens em 50 por cento! Esse hábito certamente não diminuíra o “ apetite sexual” deles.

Mesmo que ache que pode controlar-se numa situação moralmente perigosa, por arriscar-se, por exitar-se sexualmente através da masturbação? Se surgisse a oportunidade de cometer fornicação, conseguiria realmente rejeitá-la?
Pense nisso: se você não pode apagar o fugo, então não acenda.

13 pensou em “SABIA QUE O ” ONANISMO” PODE AFASTAR VOCÊ DE DEUS? VEJA POR QUE.

  1. Onanismo-conceito para quem não sabe(eu também não conhecia essa palavra)
    Onanismo é uma palavra que deriva de Onan, um personagem da Bíblia. Filho de Judá, Onan sofreu a morte do seu irmão mais velho e teve de contrair matrimónio com a sua viúva, uma mulher chamada Tamar, segundo a lei dos judeus.

    As normas da época indicavam que se Onan tivesse um descendente com Tamar, não seria considerado seu filho, mas atribuído ao seu irmão. Isto, por sua vez, implicaria um deslocamento de Onan na sucessão hereditária da sua família.

    Para evitar esta situação, Onan praticava o coito interrompido com Tamar, evitando ejacular dentro dela para que a mulher não engravidasse. Segundo diz a Bíblia, perante tais acções, Deus decidiu matar Onan. O seu nome, por extensão à prática, passou a ser associado à masturbação, uma vez que da mesma forma que o coito interrompido, considera-se que o sémen é desperdiçado e não é usado para procriar.

    Posto isto, onanismo é sinónimo de masturbação, que é a acção de estimular os órgãos sexuais para provocar prazer, seja a si mesmo ou a um terceiro. O onanismo pode desenvolver-se através de carícias e fricções com as mãos ou pela utilização de um brinquedo sexual.

    A concepção do onanismo mudou ao longo dos tempos. Enquanto na antiguidade era considerado como algo moralmente ou mesmo um problema de saúde, hoje o onanismo é aceite como uma conduta natural. Para a religião, de qualquer forma, esta prática é considerada como um pecado.

    Leia mais: Conceito de onanismo – O que é, Definição e Significado http://conceito.de/onanismo#ixzz3n2Ez4crY

    • Caros Paulo S. Calado e Viviane,
      No conceito bíblico, onanismo é o coito interrompido no instante da ejaculação para evitar a fecundação.
      No conceito biológico e social, masturbação é provocar o orgasmo pela fricção com a mão ou por meio de instrumento adequado.
      Embora os comentadores teológicos entendam os dois como sinônimos, isso não é verdade.
      O onanismo do Velho Testamento estava errado porque contrariava uma determinação divina daquela época. Na atualidade é usado como um método preservativo, e não contrária nenhum preceito biblico, embora não seja um método de preservação seguro.
      A palavra masturbação não é encontrada em toda a Bíblia, logo não existe uma determinação bíblica permitindo ou condenando. Logo depende da interpretação individual de cada pessoa decidir se está pecando ou não. Qualquer interpretação diferente é jogar um jugo em cima das pessoas.

      • bom, essa definição não é minha …
        e masturbação sendo coito interrompido ou não, sendo onanismo ou não..é pecado!
        se pratica, realmente vai dizer que não é…mas em quem você pensa guando está se estimulando?
        há sim, sua mente fica vazia e você não pensa em nada!
        que seja o seu pensar paras as coisas santas…e masturbação não tem nada de santo!
        aceite você ou não!

        • Olá Viviane,
          Creio de fato que a definição não é sua mas Você a usa, logo assume o seu significado bíblico ou social.
          Como se comete um pecado ou violação das determinações divinas se estas não estão estabelecidos na Palavra de Deus? Não está em questão aqui se pratica ou não mas se a prática fere as determinações divinas.
          Pensar não é executar, fazer ou cometer um ato. Sempre estamos pensando como afirma a Palavra de Deus e os psiquiatras e psicólogos. Sempre estamos pensando em alguma coisa e nossos pensamentos são conhecidos por Deus antes de sua formação na mente.
          Como Você pode afirmar que a masturbação é pecado se este ato não é referido na Bíblia e também não fere outra pessoa?
          Creio que é necessário desenvolver outros argumentos teológicos ou comportamentais para fundamentar a afirmação de que o ato da masturbação é um pecado ou um mal social ou individual.
          O que Você acha?

          • no comentário acima, postei o “significado de onanismo.”não vou discutir com o “dicionário” onde pessoas qualificadas estudaram e aprovaram os significados das coisas.
            você não concorda com o significado do dicionário????
            nunca ouvi e nem vi isso…

            e entendo que masturbação entra nas práticas ilícitas que a bíblia proíbe.
            eu não estou julgando a ninguém, mas para a minha vida é pecado é ponto final!

  2. Olá Viviane. Concordo plenamente e defendo o teu direito de ter opiniões pois o SENHOR DEUS deu livre arbítrio para todos os seres humanos.
    Não concordo com a imposição que muitas pessoas querem fazer de suas ideias próprias sem base teológica ou social.
    Insisto novamente que a masturbação não é mencionada na Bíblia e que a mesma não a considera licita e nem ilícita. Logo a Bíblia é neutra e deixa ao juízo de cada pessoa. Cada pessoa deve assumir a sua posição de liderança pessoal diante do SENHOR DEUS e diante da sociedade em que vive.
    Que as bençãos do SENHOR JESUS CRISTO estejam sobre Você e toda a tua família.

    • João Alves, existem várias outras ações nossas que nós cristãos consideramos pecado e que não são citadas na Bíblia. Consideramos pecado pelo simples fato de nos fazer mal espiritualmente, fisicamente, emocionalmente… psicologicamente. Se for pecado somente o que foi citado definitivamente então vamos estar a beira do precipício em muitas questões. Veja, antigamente no velho Testamento as proibições foram definidas nos 10 mandamentos a dedo e detalhadamente nas outras leis do que poderiam fazer ou não; já novo Testamento Cristo deu apenas 2 ordenanças que resumiriam toda a lei; Amar a Deus acima de todas as coisas e o próximo como a si mesmo. Cristo está cobrando o “amar a Deus, amar a si mesmo, e o amar o próximo”. Lá não está dizendo “Nao se masturbe; mas implicitamente voce subentende que amar você e amar a Deus é amar o seu corpo que é templo do Espírito Santo e certas coisas que fazemos a nós nos faz mal sim,; por isso Paulo aconselha casar-se. Paz de Jesus Cristo

  3. Cara Filha, respeito o seu posicionamento, mas a única regra de fé para os cristãos é a Palavra do SENHOR DEUS. Se um determinado comportamento humano (seja espiritual, psicológico ou biológico) é mau, certamente ele é explicitamente declarado que é pecado pela Palavra Divina.
    Os comportamentos biológicos e emocionais que não são citados explicitamente na Palavra do SENHOR DEUS dependem exclusivamente da decisão individual de cada pessoa através do seu poder de escolha e decisão (ou seja livre arbítrio). Não podemos impor nossas avaliações e interpretações eisegéticas a qualquer pessoa e muito menos as pessoas em geral.
    O SENHOR JESUS explicitou que devemos fazer tudo por amor, pelo amor ágape que ELE ensinou e não condenou as pessoas, porque ELE veio para abençoar e não condenar as pessoas pelos seus atos (emocionais e físicos).
    Dizer ou anunciar que um determinado faz mal e não ter conhecimento profundo das causas espirituais, emocionais e biológicas causa condenação e escuridão na vida das pessoas.
    Agradeço a tua manifestação e também agradeço a tua tréplica se Você tiver vontade.
    Que a unção do ESPIRITO SANTO DE DEUS e as bençãos do SENHOR JESUS CRISTO estejam com Você e a tua família.

    • Paz João ALves!

      Tenho pouco a dizer, o que disse acima acho suficiente, mas para você ver, sua colocação me induziu a pensar que você estaria defendendo o ato de masturbar-se, se entendi errado me perdoe; Mas a masturbação é prejudicial ao homem sim (homem/mulher)

      “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos! Porque fostes comprados por preço. Agora, pois glorificai a Deus no vosso corpo.” (I Coríntios 6.19-20)

      Veja;
      Quando um casal pratica o sexo no casamento imagino eu que após o ato eles regozijam com aquilo e glorificam internamente a Deus pela esposa/esposo que o Senhor deu. O sexo gera felicidade e satisfação pelas bençãos de Deus. Já alguém que esteja sozinho e se masturbe, você acha possível que ele após o ato olhe para os lados e glorifique a Deus com isso? Quais sentimentos você acha que vão surgir depois? No mínimo, no mínimo serão sentimentos de insatisfação, desconforto pela solidão e dor em lembrar que o Espírito Santo provavelmente tenha se afastado, pois para concluir a prática a maioria das pessoas recorrem à pornografia.

      João, sobre os pecados que são implícitos, há milhares e milhares que não estão na Bíblia; Por exemplo me diga onde a Bíblia diz que é pecado a pedofilia? Em lugar nenhum! mas isso não deixa de se pecado não é mesmo?

  4. Cara Filha. Que a paz de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO esteja em teu coração e de toda a tua família.
    Reafirmo novamente que respeito o teu posicionamento, todavia insisto que não tenho nenhuma autoridade sobre o teu pensamento e nem de seduzir Você. Você é livre para pensar o que quiser e livre de qualquer julgamento humano, conforme a Palavra do SENHOR DEUS, porque somente o SENHOR DEUS pode ler os pensamento humanos antes se serem formados em nossa mente humana.
    Lamento que diante dos argumentos citados em nossas conversas, Você esteja me classificando como um apologista da masturbação como Você afirma. Aliás esta é uma forma muito usual da sociedade atual, inclusive os cristãos, que tem dificuldades de manter uma diálogo baseado em ideias e interpretações unilaterais, com coerência e responsabilidade pelo que afirmam ou negam.
    O Ministro Celso de Mello do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL do Brasil disse: “o direito à livre manifestação do pensamento, embora reconhecido e assegurado em sede constitucional, não se reveste de caráter absoluto nem ilimitado, expondo-se, por isso mesmo, às restrições que emergem do próprio texto da Constituição Brasileira, destacando-se, entre essas, aquela que consagra a intangibilidade do patrimônio moral de terceiros, que compreende a preservação do direito à honra e o respeito à integridade da reputação pessoal”.
    Você afirma que: “a masturbação é prejudicial ao homem sim (homem/mulher)”. Respeito a tua afirmação individual, mas qual é base teológica ou social para recomendar que a tua escolha seja válida para toda a sociedade humana? Insisto novamente que a afirmação é adotada por, e para Você através do teu livre arbítrio recebido pelo SENHOR DEUS.
    O sr. Paulo S Calado afirma acima que: “A masturbação, ou o auto-erotismo deliberado, a fim de conseguir a estimulação sexual, é muita difundidas. Alega-se mais de 97% dos varões, e mais de 90% das mulheres já se masturbaram quando atingiram os 21 anos. Ademais, tal hábito tem sido culpado por toda sorte de males, desde as verrugas e as pálpebras avermelhadas até a epilepsia e a doença mental”.
    Você concorda que a afirmação citada seja teológica ou que um cientista da área das ciências humanas aceita tal afirmação? Veja que a afirmação tem um caráter universal, pois o Sr. Paulo não diz se a afirmação vale só para a sociedade brasileira ou mundial e qual é a base teológica e ou social.
    Você afirma: “Quais sentimentos você acha que vão surgir depois? No mínimo, no mínimo serão sentimentos de insatisfação, desconforto pela solidão e dor em lembrar que o Espírito Santo provavelmente tenha se afastado, pois para concluir a prática a maioria das pessoas recorrem à pornografia”.
    Perdoe, mas a tua afirmação pode ser válida somente para a pessoa que pensa e age assim em função da sua cultura teológica e social. Creio que não podemos generalizar e estender a validade para todos os seres humanos.
    Cara Filha, a Pedofilia não pode ser comparada com a masturbação, pois os conceitos definidos teologicamente e socialmente são tão diferentes como alhos e bugalhos. Pedofilia é uma parafilia representada por desejo forte e repetido de práticas sexuais e de fantasias sexuais com crianças pré-púberes. E Parafilia é cada um de um grupo de distúrbios psicossexuais em que o indivíduo sente necessidade imediata, repetida e imperiosa de ter atividades sexuais, em que se incluem, por vezes, fantasias com objeto não humano, auto-sofrimento ou auto-humilhação, ou sofrimento ou humilhação, consentidos ou não, de parceiro. Masturbação é provocar o orgasmo pela fricção com a mão ou por meio de instrumento adequado. Veja Pedofilia é uma doença, um crime social e um pecado causado a outras pessoas, e Masturbação é um comportamento solitário. Infelizmente a comparação apresentada por Você não é válida.
    Cara Filha e irmã em CRISTO JESUS. Agradeço a tua manifestação e também agradeço a tua tréplica se Você tiver vontade. Minha intenção, sem nenhum interesse escuso, é esclarecer e defender o livre arbítrio que o SENHOR DEUS colocou no coração de cada ser humano criado por ELE. Quando falamos das revelações e das promessas divinas, entendo que todos nós somos abençoados pelo conhecimento, pois o SENHOR DEUS disse: “O meu povo perece pela falta de conhecimento”. Que a unção do ESPIRITO SANTO DE DEUS e as bênçãos do SENHOR JESUS CRISTO estejam com Você e a tua família.

  5. Cristo disse aquele que nunca pecou que atire a primeira pedra o que não esta na palavra do pai o homem não deve acrescentar mas por avareza e ganancia vendem a palavra como disse Cristo hipócritas mestres da lei essa lei pela qual Cristo morreu a mando dos sacerdotes que como hoje continuam a fazer os rituais judeus na lei que era de condenação aos romanas 3-19,20 Cristo nos deu um novo testamento que aos olhos do homem se torna impossível amai-vos uns aos outros como eu voz amei a voz quanto ao templo de Deus na verdade somos nos mas vocês hipócritas dizem que o templo é a igreja para enganar os crentes com o dizimo que alem de ser para os levitas era da lei do deus de toda a carne o demónio Jeová que mais matava na lei Isaías -6,10 engorda o coração deste povo e endurece-lhes os ouvidos e fecha-lhes os olhos -tal como aconteceu com Adâo e Eva que morreram porque se lhes abriram os olhos e nem sabiam que estavam nus mas a mortalidade continuou números 16-49 e os que morreram daquela praga foram catorze mil e setecentos fora os que morreram por causa de core. ate o predilecto de Jeová Moisés se arrepende e diz números 16-28.entâo disse Moisés nisto conhecereis que o senhor me enviou a fazer todos estes feitos que de meu coração nâo procedem.

  6. Não penso que o ato em si da masturbação seja pecado, como não penso que comer guloseimas seja pecado, o que faz tornar pecado é o descontrole de todas essas formas de prazer. Tanto para mente, como para o corpo. É claro que toda a forma de prazer se vc não souber administrar como equilibrar trás consequências ruins para o corpo como a alimentação errada, falta de exercícios físicos e o excesso de masturbação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *