Quem foram os pais de Jó?

Muitos leitores do blog Contos e Estudos Bíblicos deixam a pergunta nos comentários:

“Quem foram os pais de Jó? Ou quais os personagens bíblicos são pais de Jó?”

Já procuramos na Bíblia, no livro de Gênesis e não encontramos. Gostaria que nos ajudassem nessa resposta.

15 pensou em “Quem foram os pais de Jó?

    • Irmão! Se analisarmos mais profundamente as escrituras, principalmente no antigo testamento, não há muitas genealogias, porque elas não são importantes, a Bíblias é um conjunto de livros que relata determinado período na vida do personagem em questão para nossa edificação, pois qual é o intuito? É Mostrar para nós que vivemos nesta geração que não somos diferentes dos homens que viveram no passado, e que tudo o que aconteceu na vida deles acontece nas nossas também, de uma maneira diferente? Sim! Porque vivemos num sistema de coisas e circunstâncias diferentes, mas no sentido Espiritual, nada mudou, absolutamente nada! Genealogia de um modo geral não quer dizer nada! É interessante para quem gosta de estudar a história, as origens entre outros fatores, mas espiritualmente não tem valor, pelo menos, pelo que eu entendo, nada muda, a não ser, que digamos a geração passada de determinada pessoa tenha crenças pagãs e precisemos descobrir o porque nada causa de certos problemas na vida de uma pessoa, e nada dá certo para esse alguém nos dias de hoje, ai sim precisamos estudar essa genealogia para que possamos saber quem são, de onde vieram, seus costumes e tradições, pois esse tipo de comportamentos pode sim influenciar na vida de gerações futuras, mas também, não precisamos nos aprofundar tanto, pois nada PALAVRA DEUS diz:
      “O SENHOR, o SENHOR! É DEUS misericordioso e compassivo, lento para irar-se, rico em graça e verdade; ele mostra graça a milésima geração, perdoa as ofensas, os crimes e os pecados; entretanto, não isenta a culpa, e faz os efeitos negativos das ofensas dos pais serem experimentadas pelos filhos e pelos netos deles, até pela terceira e quarta GERAÇÃO”.
      Então podemos observar que a genealogia muito longa não tem muita importância quando se trata de um recado, uma mensagens espiritual sendo passada por DEUS!
      Como você mesmo perguntou, sobre quem eram os país de Jó; é mais importante você observar os acontecimentos na vida de Jó, e toma-los como uma grande e maravilhosa mensagem de fortalecimentos espiritual para nossas vidas, um exemplo a ser seguido, porque mesmo passando por todas as adversidades que que Jó passou, ele não blasfemou contra DEUS, e tem pessoas nos dias de hoje, que passam por situações muito menos degradantes e já apostataram da FÉ, blasfemando contra DEUS!
      Para terminar quero deixar aqui um passagem em que o Apóstolo PAULO nos orienta, dizendo:
      Partindo eu para a Macedônia, roguei-lhe que permanecesse em Éfeso para ordenar a certas pessoas que não mais ensinem doutrinas falsas,
      e que deixem de dar atenção a mitos e genealogias intermináveis, que causam controvérsias em vez de promoverem a obra de Deus, que é pela fé. (1 Timóteo 1.3-4)
      Espero ter ajudado, que DEUS abençoe a todos!

      Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo, e ensina-me os teus estatutos.(Salmos 119:135)

      • Irmão dizer que genealogias não são importantes é um grande equivoco, pra não dizer outra coisa. se não fosse a genealogia não seria possível determinar que Jesus é da descendência de Davi. Respondendo a pergunta da Irmã que realmente esta interessada em estudar. o livro de Jó foi escrito por Moisés no período do exílio sendo o Primeiro livro a ser escrito. quanto a origem de Jó segundo a Biblia sagrada edições paulinas 1969 paginas 1593

        Jó ou Job (em hebraico: אִיּוֹב; transl.: Iyyov; em árabe: أيّوب; transl.: Ayyūb‎), cujo nome significa “voltado sempre para Deus”, é um personagem do livro mais antigos da Bíblia, isto é, o Livro de Jó do Antigo Testamento. De acordo com a tradição teria vivido na terra de Uz, onde atualmente se encontra o Iraque. livro siríaco (a Bíblia hebraica) viemos a saber que este habitava na região de Austide (Us), nos confins entre a Induméia e a Arábia. Primeiramente chamava-se Jó, e tendo tomado por esposa uma mulher árabe, teve dela um filho chamado Henon, seu pai foi Zerá, neto de Esau descendendo assim, em quinto grau de Abraão Gênesis 36,33 e estes são os reis que reinaram em Hedon, país que foi governado tambem por ele. O primeiro foi Balac, filho de Beor, e sua capital chamava-se Denaba. Depois de Balac, reinou Jobab, que depois se chamou Job (Jó), e, depois deste Husam (Asom), que foi chefe da região de Temã; depois dele, Adad filho de Barad, que foi o que derrotou os Medianitas no campo de Moab,e sua capital chamava-se Getaim Gn 36,31-35. Eis os amigos que foram o visitar: Elifaz de Temã (descendente de Esaú); Beldad de Chua, soberano dos saqueus e Sofar de Naamã, rei dos mineus.
        Sendo Moisé o 7º da descendência a partir de Abraão, logo conclui-se que Jó foi contemporâneo de Moisés sendo Jó um homem muito poderoso e cheio de posses, muito provavél que Moisés tenha conhecido a história de Jó porém não pessoalmente. Pois caso o fosse teria sua genealogia. Estudar a biblia não é fácil pois a exegética é muito complexa e demanda muito trabalho. Parabéns pela iniciativa de estudar. e não aceite certas opiniões que desqualifica qualquer versículo pois toda Bíblia é sagrada.

  1. A Paz do Senhor a todos!
    Quanto a este assunto, é bem provável que nunca descobriremos quem são os pais, ou até mesmo, quem são os descendentes de Jó, porque o livro de Jó é o livro mais velho da Bíblia, ele foi o primeiro livro escrito por Moisés, muito antes do Livro de Gênesis, o livro de Jó só não foi organizado de uma maneira cronológica por motivos óbvios; se observarmos, a História de Jó, é o relato da vida de um homem que assim como nós, nos dias de hoje, passamos pelos mesmos problemas que ele (talvez não tão degradante para uns, e sim para outros); e que temos ao nosso redor pessoas fracas como a mulher de Jó e julgadoras que se acham as donas da razão assim como os três amigos de Jó, no entanto, Deus em sua infinita perfeição, Sabedoria e Onisciência, usa ainda nos dias de hoje as palavras daqueles homens, que também eram temente a Deus, mas que em suas limitações humanas, proferiram palavras de condenação e critica em direção a Jó, pois que, uma vez que, se Moisés relatou que Jó era temente a Deus e se desviava do mal, certamente ele não era merecedor do seu sofrimento; mas Deus, como em todas as suas obras, é perfeito e sábio, veio a provar Jó, porque sábia que seu servo não blasfemaria contra Ele, para nos dar certeza de que podemos ser assim como Jó, mesmo nas adversidades, porque o verdadeiro adorador, adora no sofrimento, na angustia, coisa que muitas pessoas que estão dentro das igrejas hoje em dia não conseguem fazer, a história de Jó é para nós, nada menos do que um tremendo exemplo de constância e fidelidade, porque é como esta escrito em (Tiago 1.5-8 Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos.) Quando vejo esta passagem, não penso que temos que ser constantes apenas quanto ao pedido de sabedoria, mas constantes em toda a sorte de tribulação que passamos em nossa vida, porque o homem inconstante, nada receberá de Deus. Jesus disse: No terei aflição; mas tende ânimo, Eu venci o mundo.
    Ainda em Tiago 1.2-4 Diz: Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações, sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança; e a perseverança tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma.
    Bom… Irmãos, espero ter ajudado um pouco, qualquer dúvida estarei esperando outros comentários, fique com Deus, e que Ele faça Seu rosto resplandecer sobre ti, e tenha misericórdia de ti.

    Louvado seja Deus!!!

  2. Olá Irmãos que comentaram aqui.

    Eu conversei com meu amigo pastor e ele me disse que a terra de Uz pode ser um lugar. Talvez algum lugarejo que ficasse na região em que hoje é o Iraque.

    Mas há também nomes de pessoas.

    Fica, portanto, difícil determinar quem foram os pais de Jó.

    Essa dúvida surgiu por causa dos comentários que os leitores deixam no blog Contos e Estudos Bíblicos.

    Muito obrigado pela ajuda de vocês.

    Fiquem com a Paz de Jesus.

  3. quem esta dando resposta genesis 46.13 esta totalmente equivocado, como e possivel jo ser filho de issacar sendo que esse era filho de jaco e ja se encontrava no egito quando jaco reve seu filho mais novo jose que governava o egito, e so pensar um pouco se issacar esta no egito e teve jo como filho ele estaria no egito e nao na terra de uz como afirma a biblia, irmaos o fato de issacar ter um filho chamado jo nao quer dizer que seja o jo homem reto e que temia a Deus, e como eu ter um filho e colocar o nome nele de Roberto Carlos, entao eu sou o pai de Roberto Carlos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *