Pecamos antes da fundação do mundo?

O Calvinismo defende que algumas pessoas foram predestinadas para a salvação.
E que as outras pessoas, foram deixadas em sua própria maldade, pois o homem, por causa do pecado, não buscaria Deus de forma nenhuma, a não ser que Deus o houvesse predestinado.

Mas a bíblia diz que Deus predestinou essas pessoas antes da fundação do mundo.
Então eu pergunto: como essas pessoas foram deixadas na sua própria maldade se antes da fundação do mundo elas nem existiam, para terem cometido algum pecado?

Só há duas formas:
Ou Deus predestinou pela presciência, o que apoia o arminianismo;
Ou Deus predestinou algumas pessoas para serem servos verdadeiros e outras pessoas para não buscarem a Deus de forma nenhuma.

*Não apoio nem arminianismo nem calvinismo, mas é uma dúvida que acho interessante.

4 ideias sobre “Pecamos antes da fundação do mundo?

  1. Me perdoe o autor desta pergunta, mas se você é cristão, saiba que você está sendo usado por Satanás para colocar mais lenha na fogueira daqueles que se esforçam, e muito, para desacreditar a Bíblia, que é a verdadeira Palavra de Deus.
    Esta é uma daquelas perguntas que chamam a Deus de “idiota”, “retardado”. Se ele escreveu a Bíblia para seus filhos, pessoas simples, pouco letradas, (analfabetas funcionais) adiantaria alguma coisa ele escrever livros eruditos, cheios de pegadinhas, onde se escreve uma coisa querendo dizer outra completamente diferente?
    Saiba de uma coisa meu querido? Se você continuar procurando pelo em ovo, vai acabar encontrando e o resultado poderá não ser nada agradável.
    Tenha em mente que Deus quer falar com você e com todos os que quiserem falar com ele. Assim sua palavra escrita não poderia nunca ser algo inacessível. Pelo contrário ela não passa de um dialogo de amor, de carinho, de afeto, de ensinamento e para isso ela precisa dizer o que está escrito e não aquilo que as pessoas vão buscar por trás das frases.

  2. Na verdade, Deus já sabia o que aconteceria desde muito muito antes da fundação do mundo. Ele não predestina ninguém a não poder conhecê-lo ou a não alcançar a salvação, pelo contrário, Ele nos quer perto dEle… É também não pecamos antes de nascer, mas já nascemos expostos ao pecado… O fato é que Deus já sabia quem iria aceitar e quem não ia a Sua palavra… Mas mesmo assim nos dá o livre arbítrio, podemos escolher aceitar ou não a salvação, entende? Espero ter ajudado.

    Graça e Paz!!!

  3. Graça e paz.
    Deus criou o tempo. O que entendemos por tempo não é uma lei para Deus. Certa vez li um ensinamento sobre isso que elucida bem claro essa ideia. Você assiste e grava um jogo de futebol e o assiste depois. Quando você torna a assisti-lo você sabe tudo o que irá acontecer, se um jogador vai pra esquerda ou direita, o resultado do jogo, etc. Contudo mesmo sendo um jogo em que você sabe tudo o que irá acontecer, não invalidada a certeza de que no momento em que o jogo estava acontecendo, os jogadores decidiram se iam para esquerda ou para direita e tomaram conscientes todas as decisões necessárias para o resultado final do jogo.
    É a mesma coisa em relação a Deus e nós. Deus sabe tudo o que aconteceu em nossas vidas particulares e enquanto povo humano. Ele sabe o que iremos fazer porquê Ele já viu tudo. Ele criou o tempo, Ele criou tudo o que existe, desde o início até a eternidade. Ele nos ama e nos da uma vida inteira para escolhermos entre Ele e a sua vontade ou nós é a nossa vontade. Há pessoas que nunca serão salvas, sim, mas porquê elas não quiseram ouvir a voz de Deus e não porquê Ele as condenou antes de tomarem qualquer decisão. Inclusive você tem até o último momento para se arrepender, de verdade e não remorso, e ser salvo, vide exemplo ladrão na Cruz.
    Todos somos chamados para a salvação, Mas poucos são o escolhidos, pois poucos fazem a vontade do Pai de maneira real. Se ainda lhe resta alguma dúvida, lembre-se do evangelho de João em que o próprio Espírito de Deus inspira o apóstolo a escrever: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que Nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna”.
    Todo não é um grupo seleto ou uma porcentagem, é todo, todo ser humano que crer em Cristo Jesus. E como adultos maduros sabemos que o crer é mais do que uma profissão de fé e sim uma transformação de vida, um abandono do viver para o eu e aceitar viver para Deus.
    Que o Senhor o abençoe.

  4. Essa é uma discussão muito interessante. Realmente nem calvinistas nem arminianos estão certos. Creio que a própria Palavra de Deus explica essa questão de forma muito clara e basta prestarmos atenção a alguns detalhes. Pensando sobre isso escrevi o entendimento que O Espírito falou em meu coração e espero que ajude a esclarecer. Veja:

    “Ora, é para esse fim que labutamos e nos esforçamos sobremodo, porquanto temos posto a nossa esperança no Deus vivo, SALVADOR DE TODOS OS HOMENS, especialmente dos fiéis.” (1 Timóteo 4:10)

    Deus tem um plano estabelecido não somente para os judeus e para Igreja de Cristo, mas também para os gentios!

    Os cristão foram predestinados PARA QUÊ???
    “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou ‘PARA’ SEREM CONFORMES À IMAGEM DE SEU FILHO, a fim de que ele (Jesus) seja o primogênito entre muitos irmãos (como Ele).” (Romanos 8:29)

    “assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, ‘PARA’ sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, ‘PARA’ A ADOÇÃO DE FILHOS, POR MEIO DE JESUS CRISTO, segundo o beneplácito de sua vontade,” (Efésios1:4,5)

    Tem um ‘para quê’ aí que devemos prestar atenção. Esses aos quais Ele escolheu para serem conformados à imagem de Seu Filho Primogênito, nasceram PARA ESTE PROPÓSITO e isto Deus faz “segundo o beneplácito de sua vontade” e quem somos nós para dizer que Deus é injusto? Veja:
    “O SENHOR fez todas as coisas para determinados fins e até o perverso, para o dia da calamidade.” (Provérbios 16:4)
    “Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. PORQUE A ESCRITURA DIZ A FARAÓ: PARA ISTO MESMO TE LEVANTEI, PARA MOSTRAR EM TI O MEU PODER E PARA QUE O MEU NOME SEJA ANUNCIADO POR TODA A TERRA. Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz. Tu, porém, me dirás: De que se queixa ele ainda? Pois quem jamais resistiu à sua vontade? Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra? Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, PREPARADOS PARA a perdição, a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que PARA GLÓRIA PREPAROU DE ANTEMÃO, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?“ (Romanos 9:14-24)

    Nem todos as pessoas crerão no Filho de Deus e Deus de antemão já sabia disto. Ele de antemão já sabia quem iria crer, quem não creria e também quem se rebelaria por preferir vender sua alma ao “outro”. Deus quer salvar todos os homens, mas nem todos os homens querem se submeter ao Seu Governo e ELE NÃO VAI FORÇAR A NINGUÉM, mas: “… ele é longânimo (paciente) para convosco, NÃO QUERENDO QUE NENHUM PEREÇA, senão que TODOS cheguem ao arrependimento.” (2ª Pedro 3:9b)

    “o qual (Deus) DESEJA QUE TODOS OS HOMENS SEJAM SALVOS e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.” (1ª Timóteo 2:4)

    “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, PARA QUE ‘TODO’ O QUE NELE CRÊ não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, E OS HOMENS AMARAM MAIS AS TREVAS DO QUE A LUZ; porque as suas obras eram más.” (João 3:16-19)

    “Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora A ‘TODOS’ OS HOMENS,” (Tito 2:11)

    Sendo assim, mesmo os que não foram predestinados e escolhidos desde antes da fundação do mundo, têm a possibilidade de entrar para a família de Deus, se tornando filho de Deus pela fé em Jesus. Porque Deus manifestou Sua graça a TODOS OS HOMENS. Quem se arrepender de seus pecados e confessar a Jesus, recebe a Salvação, sendo predestinado ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *