o que fazer? preciso de ajuda.

Primeiro dizer que preciso de ajuda e que gostaria que a pessoa que fosse ler o meu texto tivesse paciência pois será longo.
A 2 e 6 meses que namoro com alguém(namorado apresentado na família) e nunca nos envolvemos sexualmente, embora muitas das vezes mesmo com medo de desobedecer a Deus acabamos por nos tocar e ficar nus a frente um do outro. mais graças a Deus nunca nos envolvemos sexualmente, ou seja nunca houve penetração.

Quando completamos 2 anos de namoro porque ele estava com comportamentos muito estranhos, pedi um tempo e nos separamos, isso durante 2 meses. Durante esse tempo tudo o que eu sabia fazer era Jejuar e orar por nós, pedindo perdão e a transformação de Deus. Até que um dia orei e senti que devia ir para casa dele para nos reconciliarmos que graças a Deus conseguimos fazer e as coisas foram caminhando melhor.
Mais passado 2 meses depois de nos reconciliarmos passei a falar com alguém que é meu colega de universidade, meu mais velho de 16 anos, muito inteligente, solteiro, tem 1 filho de 10 anos e que me atraí… Em outras palavras comecei a trair o meu namorado, me apaixonei por essa pessoa, e mesmo sabendo que tinha namorado e com peso de consciência fui me entregando, fizemos tudo(incluindo sexo oral) menos a penetração. Tudo isso pesava muito, mais eu gostava de estar nos braços dele, gostava do beijo, mais em meio ao pecado eu só pensava naquilo que é o meu relacionamento com Deus, e mesmo a errar só conseguia chegar em casa e orar, fui procurando formas de afasta-lo como dizendo que tenho namorado, que não podia fazer sexo antes do casamento(visto que Ele pedia para fazermos e eu negava sempre) lá Ele foi insistindo e porque não gostava de discutir com Ele(meu colega) fui enrolando fazendo promessas como não vamos fazer hoje, mais sim amanha e bla bla, até que um dia prometi que faríamos num domingo (isso porque de alguma forma eu pensava que enrolando Ele talvez cansaria) mais antes de sair de casa orei com muita sinceridade e pedi a Deus que nos desse oportunidade de termos uma conversa seria e que se Ele aceitasse esperar o casamento para fazermos sexo Eu entenderia que é Ele que Deus quer para mim, caso contrario é porque não é da vontade de Deus. Chegou o tal domingo isso 15 dias atrás, Ele toda ansioso a minha espera para fazermos sexo, Eu fui a casa dele a justificar que já estava tarde e que não podia ficar em casa D´ele porque tinha que ir pra casa. Ficou chateado, lá comecei a me irritar também e disse: Eu não quero fazer sexo, sinto a necessidade de obedecer a Deus quanto a isso e não será por ninguém que eu vou desobedecer, pelo menos quanto ao sexo, sei que errei a me entregar a ti, mais não posso.
Lá Ele começou argumentar que Sexo não é só a penetração, que o que nós fizemos também é sexo, Eu acredito no mesmo, mais também penso que eu não devo permanecer no pecado, apesar de não ter feito o certo a misericórdia de Deus se renova a cada manha e ainda é oportunidade de me arrepender e abrir mão dos desejos do carne. E Ele você(Eu) ainda não entende verdadeiramente o conceito de Deus porque Deus é bom e não te mandaria para o inferno porque te envolves te sexualmente com alguém que será o meu marido, alguém que me ama e que Ele acredita que o verdadeiro casamento é o sexo, por se tratar de uma união.
E desde o princípio Ele diz que me quer como sua esposa, que está disposto a casar comigo, coisa que de principio não acreditava, mais depois comecei a perceber que era um assunto que estava a ser levado com muita seriedade. Mesmo assim naquele domingo decidi me afastar porque lembrava da oração que fiz. E fui me resolver com Deus, voltar para aquilo que era o meu relacionamento com Deus e procurar não sentir saudades dele.
Até que ontem Ele enviou a msg a dizer que estava triste comigo, e que estava a ter a certeza de que Eu não gostava Dele e que a minha intenção foi brincar com a cara dele, respondi simplesmente dizendo que Ele sabe que não é nada disso. voltou a responder que os casais quando se separam por gostarem um do outro normalmente surpreendem coisa que eu não consegui fazer.
Hoje 27.07 ligou a dizer que ainda me quer, e sugeriu que eu converse com alguém mais adulto, pois o meu comportamento não está a ser normal para quem já fez o que fez a penetração não faria diferença e que se eu quiser casamos em Setembro, que Eu ainda posso me arrepender, que estou a usar a minha vagina como triunfo, que isso é um dos maiores erros que estou a cometer.
Que tudo depende de mim, e sugeriu que namoremos como qualquer casal (isso é fazendo sexo, Famílias apresentadas, etc), enquanto preparamos uma grande cerimonia de casamento e Ele acaba de pagar a casa do condomínio.
Mais antes dizer que eu contei ao meu namorado, que eu o trai, Ele não me deixou mais pediu um tempo para pensarmos bem no que queremos, e está muito triste comigo, confiava muito em mim e Eu quebrei a confiança dele. Tenho tentado recuperar o meu relacionamento, e não perde-lo.

Na verdade eu não quero pedir ajuda se devo ou não ficar com Ele(meu colega), mais perturbada se posso dizer, Eu não quero criar barreiras com Deus, eu não quero fazer sexo sem antes casar, não quero ter que ir a disciplina por fornicação, não quero deixar de trabalhar na seara do Senhor, nem tão somente abrir mão do meu namorado que é um homem bom comigo, paciente e que me ama de Verdade. E sem contar que a minha mãe ficaria muito triste ao me ver na disciplina.
Só que não sei como dizer que não quero ficar com Ele, Ele tenta me convencer de varias formas.
Já tentei a base da bíblia, mais ele vai a busca de outros passagem bíblicas para me contrariar(Ele conhece a bíblia, mais não conhece o autor, o Dono da bíblia).
me ajudem.

2 ideias sobre “o que fazer? preciso de ajuda.

  1. A primeira frase de minha resposta só poderá ser: “Fuja desse colega porque isso é cilada de Satanás”.
    Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 1 Pedro 5.8 (Essa sobriedade não é só de bebida alcoólica, mas também de mente entorpecida por ideias e desejos carnais que escancara as portas para que o inimigo entre e nos destrua.)
    Não deis lugar ao diabo. Efésios 4.2
    Mas não pense que você é a única a sofrer com isso. Só não sofre desse mal quem não conhece a Deus ou quem não liga para a sua Palavra, o que não é o seu caso. Sua luta é justamente por querer ser fiel a Deus.
    Quanto ao sexo, em Mateus 5:27-28, Jesus declara o seguinte:
    27. Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério.
    28. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. (ou mulher cobiçar um homem)
    O que você tem feito, mesmo sem penetração, é pecado. Entretanto, nada que não possa ser corrigido e perdoado tanto por Deus como pelo seu namorado. (se você já não fez isso, nunca entre em detalhes sobre o que aconteceu entre você e o outro.)
    Quanto ao seu amigo tem se mostrado “amigo da onça”. Você diz que ele conhece bem a Bíblia, mas o diabo conhece mais do que ele. Como confiar em uma pessoa que quer se aproveitar de você agora para no futuro se casar?
    Você diz que ele tem um filho de 10 anos. Significa que já enganou outra mulher e a abandonou. Você ainda acha que ele é confiável?
    O que vocês sentem hoje é paixão que irá acabar em breve estando vocês juntos ou não. Vale a pena o investimento?

    • Muito Obrigada pela ajuda, Deus é bom.
      Graças a Deus decidi por um ponto final e o teu conselho chegou em bom momento.
      A ti vai o meu muito obrigada, que Deus te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *