79 ideias sobre “Qual a diferença do calvinismo para o arminianismo?

  1. Calvinismo – É um movimento religioso protestante e também uma ideologia sociocultural com raízes na reforma iniciada por João Calvino em Genebra no século XVI. O Calvinista acredita que Deus escolheu um grupo de pessoas e que as restantes vão para o inferno.
    Arminianismo – Doutrina escrita por um teólogo holandês chamado Jacob Hermann, que viveu de 1560 a 1609, era melhor conhecido pela forma latinizada de seu último nome, Arminius.

    Diferenças:
    PONTO 1

    1.1.O arminianismo diz que a vontade do homem é ‘livre’ para escolher, ou a Palavra de Deus, ou a palavra de Satanás. A salvação, portanto, depende da obra de sua fé.

    1.2.O calvinismo responde que o homem não regenerado é absolutamente escravo de Satanás, e, por isso, é totalmente incapaz de exercer sua própria vontade livremente (para salvar-se), dependendo, portanto, da obra de Deus, que deve vivificar o homem, antes que este possa crer em Cristo.

    PONTO 2

    2.1.Arminius sustentava que a ‘eleição’ é condicional, enquanto os reformadores sustentavam que ela é incondicional. Os arminianos acreditam que Deus elegeu àqueles a quem ‘pré-conheceu’, sabendo que aceitariam a salvação, de modo que o pré-conhecimento [de Deus] estava baseado na condição estabelecida pelo homem.

    2.2 Os calvinistas sustentam que o pré-conhecimento de Deus está baseado no propósito ou no plano de Deus, de modo que a eleição não está baseada em alguma condição imaginária inventada pelo homem, mas resulta da livre vontade do Criador à parte de qualquer obra de fé do homem espiritualmente morto.

    2.3 Dever-se-á notar ainda que a segunda posição de cada um destes partidos (arminianos e calvinistas) é expressão natural de suas respectivas doutrinas a respeito do homem. Se o homem tem “vontade livre”, e não é escravo nem de Satanás nem do pecado, então ele é capaz de criar a condição pela qual Deus pode elegê-lo e salvá-lo. Contudo, se o homem não tem vontade livre, mas, em sua atual situação, é escravo de Satanás e do pecado, então sua única esperança é que Deus o tenha escolhido por sua livre vontade e o tenha elegido para a
    salvação.

    PONTO 3

    Os arminianos insistem em que a expiação (e, por esta palavra, eles significam ‘redenção’) é universal. Os calvinistas, por sua vez, insistem em que a Redenção é parcial, isto é, a Expiação Limitada é feita por Cristo na cruz.

    3.1. Segundo o arminianismo, Cristo morreu para salvar não um em particular, porém somente àqueles que exercem sua vontade livre e aceitam o oferecimento de vida eterna. Daí, a morte de Cristo foi um fracasso parcial, uma vez que os que têm volição negativa, isto é, os que não a querem aceitar, irão para o inferno.

    3.2. Para o calvinismo, Cristo morreu para salvar pessoas determinadas, que lhe foram dadas pelo Pai desde toda a eternidade. Sua morte, portanto, foi cem por cento bem sucedida, porque todos aqueles pelos quais ele não morreu receberão a “justiça” de Deus, quando forem lançados no inferno.

    PONTO 4

    4.1.Os arminianos afirmam que, ainda que o Espírito Santo procure levar todos os homens a Cristo (uma vez que Deus ama a toda a humanidade e deseja salvar a todos os homens), ainda assim, como a vontade de Deus está amarrada à vontade do homem, o Espírito [de Deus] pode ser resistido pelo homem, se o homem assim o quiser. Desde que só o homem pode determinar se quer ou não ser salvo, é evidente que Deus, pelo menos, ‘permite’ ao homem obstruir sua santa vontade. Assim, Deus se mostra impotente em face da vontade do homem, de modo que a criatura pode ser como Deus, exatamente como Satanás prometeu a Eva, no jardim [do Éden].

    4.2. Os calvinistas respondem que a graça de Deus não pode ser obstruída, visto que sua graça é irresistível. Os calvinistas não querem significar com isso que Deus esmaga a vontade obstinada do homem como um gigantesco rolo compressor! A graça irresistível não está baseada na onipotência de Deus, ainda que poderia ser assim, se Deus o quisesse, mas está baseada mais no dom da vida, conhecido como regeneração. Desde que todos os espíritos mortos (alienados de Deus) são levados a Satanás, o deus dos mortos, e todos os espíritos vivos (regenerados) são guiados irresistivelmente para Deus (o Deus dos vivos), nosso Senhor, simplesmente, dá a seus escolhidos o Espírito de Vida.
    No momento em que Deus age nos eleitos, a polaridade espiritual deles é mudada: Antes estavam mortos em delitos e pecados, e orientados para Satanás; agora são vivificados em Cristo, e orientados para Deus.

    É neste ponto que aparece outra grande diferença entre a teologia arminiana e a teologia calvinista. Para os calvinistas, a ordem é: primeiro o dom da vida, por parte de Deus; e, depois, a fé salvadora, por parte do homem.

    PONTO 5

    511. Os arminianos concluem, muito logicamente, que o homem, sendo salvo por um ato de sua própria vontade livremente exercida, aceitando a Cristo por sua própria decisão, pode também perder-se depois de ter sido salvo, se resolver mudar de atitude para com Cristo, rejeitando-o! (Alguns arminianos acrescentariam que o homem pode perder, subseqüentemente, sua salvação, cometendo algum pecado, uma vez que a teologia arminiana é uma “teologia de obras” — pelo menos no sentido e na extensão em que o homem precisa exercer sua própria vontade para ser salvo.) Esta possibilidade de perder-se, depois de ter sido salvo, é chamada de “queda (ou perda) da graça”, pelos seguidores de Arminius. Ainda, se depois de ter sido salva, a pessoa pode perder-se, ela pode tornar-se livremente a Cristo outra vez e, arrependendo-se de seus pecados, “pode ser salva de novo”. Tudo depende de sua contínua volição positiva até à morte!

    5.2. Os calvinistas sustentam muito simplesmente que a salvação, desde que é obra realizada inteiramente pelo Senhor — e que o homem nada tem a fazer antes, absolutamente, “para ser salvo” —, é óbvio que o “permanecer salvo” é, também, obra de Deus, à parte de qualquer bem ou mal que o eleito possa praticar. Os eleitos ‘perseverarão’ pela simples razão de que Deus prometeu completar, em nós, a obra que ele começou. Por isso, os cinco pontos de TULIP incluem a Perseverança dos Santos.

    Espero que tenha esclarecido. Paz e Graça,
    Tauana Messias

    • Ótimo! obrigado..! Pude entender as respectivas teologias; Calvinismo a qual defende a tese da ” Seleção” isto é uma redenção parcial, cujo a eleição é incondicional uma vez que é dom de DEUS, por sua vez “Dom da vida” seguido da ” Fé salvadora” por parte do homem. Bem como segundo a referida doutrina que a salvação não pode ser perdida divergindo do Arminianismo que defende a ideia que o homem é ”Livre” para escolher,sendo assim, uma eleição condicionada a vontade do homem ao mesmo tempo que a redenção torna-se universal, com tudo uma vez vinda do homem tal salvação pode ser perdida condicionada a suas ações.

        • Vou colocar mais perguntas aqui pra ver se alguem responde!

          1) Se você tem a opção de escolher se quer ou não, isso é um sinal que você tem livre arbitrio e não está debaixo da orden da predestinação? (ex; se você escolher responder ou não esse e-mail isso significa que voce está sobre o livre arbitrio ou é predestinado?)

          2) na predestinação, eu fico confuso em relação ao diabo, se o diabo veio pra roubar, matar e destruir, e na verdade somos todos predestinados a sermos roubados, mortos e destruidos por uma ordem vinda de Deus, qual é o sentido da existencia do diabo? se na verdade quem rouba, mata e destroi é a predestinação de Deus?

          3) se eu cometer um suicidio neste exato momento, Deus me predestinou a morrer e ir para o inferno? se a resposta for sim, então Deus que é o autor do “mau” o que determinou o meu pecado? será seguindo esse argumento não vamos nos deparar na crença da Nova Era? onde o Deus do bem é o Deus do mal, o mesmo Deus que dá é o mesmo que tira, que assim como a eletricidade existe o lado positivo de Deus e o lado negativo, Será que não estamos nos confundindo?

          4) por que devemos evangelizar? a resposta decorada é “se voce não evangelizar voce não foi predestinado a ir pro céu” no momento quem que me pergunto se quero ou não quero ir, será que esse já não é um sinal que não sou predestinado? quando sou predestinado não tenho escolha, eu não teria opção caso fosse predestinado

          5) o pecado, se em algum momento da minha vida eu pequei, ou se após a minha conversão eu cometi pecados, isso significa que não sou predestinado? pois como Deus pode predestinar alguem que comete pecados? se não conseguimos ser imagem e semelhança de Cristo, isso significa que não somos predestinados!!

          se essas perguntas e muitas outras não podem ser respondidas, então todos vamos pro inferno, não existe, ao menos não conheço ninguem que será salvo!

      • Cara, Deus chamou todos para serem salvos, Jesus morreu por todos nós, para ser salvo basta aceita-lo como seu único e suficiente salvador, se batizar para que “morra” seu velho homem (pecador). Está escrito em Marcos 16.16: ” Quem crer e for batizado será salvo”. Aí é só viver com Ele, em Éfesios 2 diz q a salvação não é por nossas obras, para nos gloriarmos, mas pela graça de Deus… Fica na paz!

      • Sua pergunta é relevante, porém, é destituida de conteudo teológico. Ser salvo, escolhido ou por livre arbítrio, significa se tornar filho de Deus, gerado
        pela graça e pela mediação do Espírito Santo. Como alguém que se tornou filho de Deus pode ser destituido dessa filiação? Pode alguém dessa forma voltar a ser filho do diabo?

    • Vejo Dois polos opostos, um liberal, dizendo que o homem tem escolha, de escolher a Deus ou satanás, ou nenhum dos dois, (pois é impossível, se negou a Deus, está do lado de satanás, não existe meio termo), e o outro polo é que não temos escolha, pois Deus (nessa visão calvinista ele é ditador, e sarcástico, maldoso. ) criou, criaturas para sofrer só pro seu deleite, e outros para serem salvos, ou seja, não existe salvação, nem arrependimento, e Jesus veio fazer um teatro, pois como vc pode se arrepender se já está predestinado pra ser salvo, ou está perdido. Visões longe da bíblia, que diz: “Então lhes orientarás, dizendo: Tão certo como Eu vivo, diz Yahweh, o SENHOR Deus, não tenho qualquer prazer na morte do incrédulo, mas sim a minha alegria está em que o ímpio venha a ser convertido, se desvie do seu mau caminho e viva! Convertei-vos! Desviai dos vossos maus caminhos! Por que o teu povo haveria de perecer, ó Casa de Israel?” Ezequiel 33:11 ora Deus não tem prazer na morte de um ímpio, pq Ele o criaria pra morte? e se está destinado a morte, pq Ele pede pra se converter e desviar do mal caminho? Deus tem alegria na conversão do ímpio, ou seja, aquele que usa do seu livre arbítrio para deixar a escravidão do pecado, e aceitar o dom de Deus que é a vida, e permanecer com Ele até o fim, “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” Apocalipse 2:10-10, e a pessoa pode deixar a presença de Deus quando quiser, assim aconteceu com Davi, com Saul, com Sansão, Judas, e tantos outros. Assim como acontece ainda hoje, com pessoas que deixam de seguir o caminho do Senhor para se entregar as suas paixões.

    • Predestinação é coisa de quem quer prioridade e Deus não tem acepção de pessoas. Se uma pessoa vai para o tribunal e porque alguma coisa ela fez de errado se a predestinação esta correta então na há necessidade de juizo final.

      se eu não sou predestinado eu vou dizer porque me julgas se quem escolheu foi o Senhor.

    • A verdade é que arminianismo e calvinismo um completa o outro tem coisas que concordo e descordo dos dois, temos mais que lê a biblia pedir dicernimento a Deus somos falho algumas teoria podem esta equivocadas…

    • O arminianismo não ensina que o homem é livre pra escolher servir a Deus ou o diabo. O arminianismo ensina que Deus usa de uma graça preveniente para com todos e isso quer dizer que o homem pode decidir depois que Deus o alcança com esse favor o capacitando a tomar decisões livremente. Sem a graça ninguém pode achegar-se a Deus.

    • Essas diferenças ou essas duas linhas de pensamento afetam a salvação do homem ? Crer dessa forma ou daquela impede-nos de herdarmos a vida eterna ? Em alguns pontos, ambos estão corretos, mas em outros, parecem uma posição absurda – digo até que vai de frente , vai contra tantos textos biblicos.

  2. No versiculo 44 do capitulo 6 do Evangelgo narrado por João , Jesus disse: Ninguem vem a mim se o Pai,queme enviou, não o trouxer.
    Como é que Deus leva alguem a Jesus? É simplesmente por meio de sua Palavra.A Biblia diz que a Fé, vem por ouvirmos o Evangelho(Rm 10.17).Pelo fato de ter sido Deus o Autor das Escrituras e de toda obra redentora do homem, foi que Jesus disse o que está em João 6.44.Vejam tambem o versiculo 45. Ir a Jesus é a oferta de retribuição a Deus.Todos somos privilegiados.Quem ouvir e crer , esse vai a Jesus e, como os meios de ir até Ele são produção do Altissimo,é,portanto,dessa maneira que somos conduzidos até o seu Filho.Somos livres.Ele diz:” Quem crer e for batizado será salvo(Mc 16.16. A fé vem por ouvir as Escrituras(Rm 10.17).

    • Como você disse é o pai quem o atrai, pois ele está cego para a verdade, a palavra diz que Satanás cegou o entendimento dos incrédulos, o Espírito é quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo, se ele sabe porque então tem que ser convencido pelo Espírito Santo?

      • Assim meu caro amigo , fico feliz pelo seu conhecimento mas digo que na é poca de cristo ou até mesmo de Paulo as pessoas não lhes encomodavam com pensamentos assim, penso eu que dizer sou de calvino ou sou de arminio é a mesma coisa de dizer sou de Paulo ou apolo, afirmo de fato sou de cristo pois defendo o evangelio fico treste em ver pessoas estudando tanto as escrituras para sobresair sobre irmãos por diferenças teologicas me leva a crer que ninguém defende o evangelio de cristo e sim o ego acho vergonhoso ver pessoas querendo fazer a mentira parecer verdade por conhecer mais sendo que a maior verdade qur nos por sermos seres finito nunca entenderemos um ser infinito como Deus a verdade é que devemos pregar o arrependimento sendo ele predestinado ou não preocupe se com vidas e pare de querer massagear seu ego bixinho de Jacó vermezinho de israel

  3. Não somos livres, somos nascidos escravos. Tudo é pela Graça de Deus. Disseram aí em cima: “Quem crer e for batizado será salvo”. Acontece que a Fé não vem do homem, a Fé Salvadora é Dom de Deus (Efésios 2. 8; Hebreus 12. 20. Jesus é o autor de consumador da nossa fé, logo nem a fé é produzida pelo Homem, mas é dom de Deus. Àqueles a quem Deus conceder Fé terá Fé e será salvo, àqueles que não são filhos da Aliança da Graça, ou seja, não foram elegidos por Deus, como disse Jonathan Edwards “não terão interesse na mesma, portanto continuarão impios”. A Bíblia diz em Efésios 1. 3 – 4: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor”. E também diz em Provérbios 16. 4: “O Senhor faz tudo com um propósito; até os ímpios para o dia do castigo”. Vemos Deus “amar a Jacó e odiar a Esaú” (Romanos 9. 13). E no original a palavra “ódio” não significa um sentimento egoísta como o do humano, cheio de malícia, perversidade, vingança, rancor ou amargura profanos, mas sim concedeu à Jacó um privilégio de Graça que não quiz conceder a Esaú, em outras palavras, Deus por seu prazer regeitou a Esaú, e não só isto mas Esaú foi objeto do desprazer de Deus, e vemos que Esaú continuava ímpio, sem se importar com o Senhor. É propósito do Senhor mostrar aos seus santos a extensão do seu amor e também a severidade do seu furor despejando a sua ira nos ímpios. Deus salva pessoas de todas as classes sociais, etnias e nações como ricos, pobres, negros, brancos, índios, asiáticos, gordos, magros, altos, baixos, livres, escravos, brasileiros, americanos, hinduístas, africanos, etc… Não significa que Deus quer salvar todos os homens INDIVIDUALMENTE, como dizem alguns interpretando fora de contexto o texto de Tito 2. 11, mas que Deus quer salvar homens de todas as classes, de todos os tipos

    Sou cristão reformado
    Soli Deo Glória

    • a vontade de Deus, Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome, os quais não nasceram da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. João 1: 11-13. , ele e Senhor trocaria o seu povo pôr nós , sendo que a sua vontade era libertar o seu próprio povo, eu não compreendo como podemos definir que Deus faz diferença entre quem nasce definindo uns para o inferno e outros para céu, jacó e esaú não podemos falar de salvação e sim de posição Deus escolheu o maior para servir o menor as outras escolhas foram feitas por eles.

    • discordo de vc lucas Deus deu livre arbitrio para adao e eva e no jardim do edem tinha um fruto proibido Deus nao escondeu deles Deus o advertiu o senhor fala para caim o pecado jaz a porta cabi a vc dominalo a biblia tbm diz q nao quer q nenhum homem se perca mais q conheça o plano da salvaçao.

    • O texto de Efesios 2.8 no contexto histórico o quem de Deus não é a fé e sim a salvação.Amigo Vc tem que ler mais os textos e não esforçar uma exegese encima de um texto que se refere a fé.

  4. se na vida tudo está predestinado,então porque e praque pregamos o evangelho???eu queria que alguém me dissesse isso,se eu sou filho da perdição então eu não preciso ouvir a palavra de DEUS!!se já estou perdido! na verdade o homem realmente tem o seu direito de escolhas,concordo plenamente com o livre arbitrio!!

    • Pois é, se tá tudo predestinado, então vou parar de encher o saco da minha familia e amigos evangelizando eles, não tem logica eu perder tempo falando de Deus pra pessoas que estão predestinadas ao inferno ou salvas já :S
      Ou seja Jesus morreu atoa ! rRs

      • Sim está tudo predestinado, mas vocês ignoram a palavra de Deus quando dizem que não devem pregar. Percebam que a Fé vem pelo ouvir, o ouvir a palavra de Deus.

        Como bem explicou a primeira irmã, Somos totalmente depravados, e apenas pela graça irresistivel de Deus, operante por sua regeneração e vivificação, é que podem nos levar a Cristo. Entretanto como essa graça e vivificação operam? É justamente atraves da Palavra. Ao ouvir a palavra o Espirito Santo age efetivamente no coração do indivíduo, e fazendo com que mesmo morto, ele ouça sua voz e seja vivificado (“Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” João 5:25), mortos não ouvem, nem escolhem, mas Deus faz com que sua voz seja ouvida pelos mortos (mortos espiritualmente oviamente), produzindo a fé (que é dom de Deus, não escolha humana) e somente aqueles que Deus faz ouvirem é que vêm a Ele.

        Leia a passagem de Ezequiel 37 sobre o vale de ossos secos, é um bela alegoria disso. Veja onde aqueles ossos escolheram ou rejeitaram serem vivificados, o texto é totalmente em primeira pessoa, independe da vontade humana, entretanto, mesmo Deus podendo reviver aqueles ossos diretamente, Ele manda que ezequiel profetize a eles e diga “Ossos secos, ouvi a palavra do Sehor”.

        O arbítrio do homem não é de maneira nenhuma livre, ele é preso ao pecado (“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que TODA a imaginação dos pensamentos de seu coração era SÓ má CONTINUAMENTE.”Gênesis 6:5) Seu arbítrio, por assim dizer, não pode te levar a Deus, apenas afastá-lo dEle. Os unicos que chegaram mais proximos do livre arbítrio foram Adão e Eva, e olha que belo uso eles fizeram dessa liberdade
        .
        Concluindo, A pregação do evangelho é a maneira pela qual Deus escolheu chamar os seus, e produzir neles a Fé para sua salvação. Não sabemos quem Ele escolheu, então temos o dever de pregar a toda criatura.

        • Deus deu livre vontade ao homem, sim. Podemos ver isso em várias partes das escrituras…
          Onde fala o tempo inteiro para o homem se consertar com Ele, mudando o seu jeito de agir….. Isso é vontade própria!
          Uma dessas passagens está em Deut. 30:19
          “Hoje invoco o céu e a terra como testemunhas contra ti, de que apresentei claramente diante de ti os caminhos da vida e da morte; a bênção e a maldição. Escolhe, pois, o caminho da vida,

      • Irmão, pense um pouco, só um pouquinho. Deus é soberano. Nós somos mortais e limitados; portanto, Deus e somente ele, sabe quem são os eleitos. Não cabe a mim essa preocupação de quem vai ser ou não salvo. Minha missão é pregar o Evangelho a toda criatura; o restante pertence ao soberano Deus realizar. Façamos nossa parte como meros humanos e não tentemos entender a mente de Deus, que está muito acima de nós, meros pecadores decadentes.

        • A cada dia que passa vejo a inutilidade dessa discussão entre calvinistas e arminianos. bem a história nos mostra que isso já passou dos limites, deixou de ser uma mera divergência que a meu ver não muda em nada a condição que o homem se encontra ou se encontrará diante de Deus, e se tornou uma guerra que não é proposta por Deus, se Deus pela sua soberania ou pré-ciência salvará o homem não vem ao caso. O fato é que naquele grande dia os que ouvirem da parte de Cristo “Vinde benditos de meu pai..” foram salvos. Então “corramos com perseverança a carreira que nos esta proposta..” se calvinistas e arminianos entendem que se deve pregar o evangelho assim o façamos. É possível pregar o Evangelho que salva sem Calvino e sem Armínio mas é impossível pregar o Evangelho sem Cristo.
          Sou Cristão!

    • Nosso dever é pregar a todos, sempre, pois não sabemos quem será salvo ou não, isso pertence a Deus. Jesus disse “ide e pregai o evangelho”; a conversão é obra do Espírito Santo, mas todos precisam ouvir a Palavra – e isso independe de qualquer teoria que adotemos

    • Sim está tudo predestinado, mas vocês ignoram a palavra de Deus quando dizem que não devem pregar. Percebam que a Fé vem pelo ouvir, o ouvir a palavra de Deus.

      Como bem explicou a primeira irmã, Somos totalmente depravados, e apenas pela graça irresistivel de Deus, operante por sua regeneração e vivificação, é que podem nos levar a Cristo. Entretanto como essa graça e vivificação operam? É justamente atraves da Palavra. Ao ouvir a palavra o Espirito Santo age efetivamente no coração do indivíduo, e fazendo com que mesmo morto, ele ouça sua voz e seja vivificado (“Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” João 5:25), mortos não ouvem, nem escolhem, mas Deus faz com que sua voz seja ouvida pelos mortos (mortos espiritualmente oviamente), produzindo a fé (que é dom de Deus, não escolha humana) e somente aqueles que Deus faz ouvirem é que vêm a Ele.

      Leia a passagem de Ezequiel 37 sobre o vale de ossos secos, é um bela alegoria disso. Veja onde aqueles ossos escolheram ou rejeitaram serem vivificados, o texto é totalmente em primeira pessoa, independe da vontade humana, entretanto, mesmo Deus podendo reviver aqueles ossos diretamente, Ele manda que ezequiel profetize a eles e diga “Ossos secos, ouvi a palavra do Sehor”.

      O arbítrio do homem não é de maneira nenhuma livre, ele é preso ao pecado (“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que TODA a imaginação dos pensamentos de seu coração era SÓ má CONTINUAMENTE.”Gênesis 6:5) Seu arbítrio, por assim dizer, não pode te levar a Deus, apenas afastá-lo dEle. Os unicos que chegaram mais proximos do livre arbítrio foram Adão e Eva, e olha que belo uso eles fizeram dessa liberdade
      .
      Concluindo, A pregação do evangelho é a maneira pela qual Deus escolheu chamar os seus, e produzir neles a Fé para sua salvação. Não sabemos quem Ele escolheu, então temos o dever de pregar a toda criatura.

      • Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
        Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
        João 3:17,18.
        Significa que só os escolhidos creram?

  5. A diferença entre o Calvinismo e o Arminianismo é que o Calvinismo ensina que Deus predestinou incondicionalmente alguns para o céu e outros para o inferno e não há nada que possamos fazer para mudar isso. Quem tiver que ser salvo será e quem tiver que ser condenado será. A nós só resta nos conformarmos com isso. Melhor dizendo, não nos resta nada, já que “se conformar” ou “não se conformar” também foi predestinado por Deus. Seus passos, pensamentos, escolhas, vontades, tudo foi determinado por Deus. Em resumo, o Calvinismo ensina que você será condenado pelo que Deus determinou que você fizesse. Ou seja, Deus determinou que você pecasse e você pagará no inferno pelo pecado que Deus determinou que você fizesse. Esse é o Calvinismo… sem papas na língua.

    Já o Arminianismo ensina que “Deus deseja que todos sejam salvos e venham ao conhecimento da verdade” e que por isso ele não predestinou incondicionalmente ninguém, para o céu ou para o inferno. Há uma doutrina da predestinação no Arminianismo, mas é dos crentes “para serem conformes à imagem do seu Filho”. Em resumo, o arminiano acredita que “quem crer será salvo e quem não crer será condenado”. Esta frase de Jesus resume toda a doutrina da eleição e predestinação das Escrituras.

    • gostei da explicação , ao meu ver o Arminianismo se encaixa melhor com a Bíblia independente do que eles falem ou achem eu creio na bíblia , creio que Deus existe , creio que Jesus morreu por todos nós e não por alguns e que tudo que está escrito na bíblia não mudará e continuarei pregando a palavra de Deus .

    • É SÓ VC LER A PARÁBOLA DO SEMEADOR MT 13 CAI POR TERRA TODA A TORIA DA PREDESTINAÇÃO.
      JESUS DISSE:AQUELE QUE CRER, OU SEJA, A SALVAÇÃO É CONDICIONAL.
      DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA QUE DEU SEU FILHO UNIGENITO PARA QUE TODO AQUELE QUE NELE CRE NÃO PEREÇA MAIS TENHA VIDA ETERNA.

    • A todos que vem lendo os textos me responda uma coisa. Vamos supor que esse debate fosse uma guerra, uma das versões estaria com uma pedra para atacar a outra em posição de defesa. Pelo que você leu até aqui, quem ataca e quem se defende?

  6. Olá, Paz a todos

    O que aconteceria se alguém cresse no evangelho, arrependesse de suas maldades praticadas, fosse batizado (imerso) na água em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo (Atos 2:38) e não conseguindo resistir às tentações cometesse outra vez os pecados dos quais havia arrependido?

    Na teologia Calvinista:

    Este pecador é entregue à Satanás para destruição da carne (através de doenças ou tragédias), porém sua alma está salva! (1º Coríntios 5:5)

    Enfim, uma pessoa que nasceu com vida eterna não morre. Deus tem vida eterna porque nunca teve princípio e nunca terá fim. Se alguém tem vida, obviamente, já existia na eternidade passada! (Apocalipse 17:8)

    Na teologia Arminiana:

    Se este pecador não arrependeu-se minutos antes de sua morte, perdeu a sua salvação! (Apocalipse 2:10)

    Ou seja, se este pecador morreu enquanto praticava um pecado, morreu sem salvação!

    Enfim, ambas as correntes são adotadas por conveniência. Qualquer intelectual tem tendência a ser calvinista! Pessoas sentimentalistas optam pelo arminianismo…

    Caso você não seja a líder de uma denominação cristã, com certeza optará pelo calvinismo…

    Abraço

    • Na teologia Arminiana se o pecador morrer em um pecado acidental ele não perderá sua salvação(porque a pessoa que aceita Jesus não planeja e ama a pratica do pecado). Agora se ele abandonou Jesus e vive para o pecado e morrer, ai sim sera condenado.

      • Esta completamente errado o que você disse a respeito da Doutrina Calvinista.
        Ninguém nasce com a salvação. A salvação é concedida ao eleito ao longo de sua vida, atraves da atuação do Espirito Santo na pessoa, quando ela ouve o evangelho, produzindo nela a fé que é o dom de Deus.
        Para a discussão que você levantou, perceba que existem duas coisas distintas.1- O pecado “acidental” o tropeço no caminhar do Cristão dado que a lei do pecado ainda habita sua carne. 2- O “estar” no pecado, quem esta no pecado não esta em Cristo, se alguém vive em pecado obviamente o Espirito Santo não operou em seu coração. Se a pessoa não produz frutos dignos de arrependimento, nem os frutos do Espirito, ela não esta em Cristo, esta no pecado, logo não é salva, e não é um eleito. Mesmo que tenha “aceitado a Cristo”, ela ira para o inferno.

        Nenhum eleito permanecerá no pecado.

    • Esta completamente errado o que você disse a respeito da Doutrina Calvinista.
      Ninguém nasce com a salvação. A salvação é concedida ao eleito ao longo de sua vida, atraves da atuação do Espirito Santo na pessoa, quando ela ouve o evangelho, produzindo nela a fé que é o dom de Deus.
      Para a discussão que você levantou, perceba que existem duas coisas distintas.1- O pecado “acidental” o tropeço no caminhar do Cristão dado que a lei do pecado ainda habita sua carne. 2- O “estar” no pecado, quem esta no pecado não esta em Cristo, se alguém vive em pecado obviamente o Espirito Santo não operou em seu coração. Se a pessoa não produz frutos dignos de arrependimento, nem os frutos do Espirito, ela não esta em Cristo, esta no pecado, logo não é salva, e não é um eleito. Mesmo que tenha “aceitado a Cristo”, ela ira para o inferno.

      Nenhum eleito permanecerá no pecado.

  7. Se tá tudo predestinado, então vou parar de encher o saco da minha familia e amigos evangelizando eles, não tem logica eu perder tempo falando de Deus pra pessoas que estão predestinadas ao inferno ou salvas já :S fora que eu nem precisava mais me esforçar a viver em santidade, pra que? A salvação não se perde mesmo rRs e também Jesus morreu atoa né ? ! rRs Fala sério, tudo isso é desculpa só para não ter muito trabalho de seguir Jesus. Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-me”. (Lucas 9,23)
    SE ALGUEM QUER >>> TOME SUA CRUZ >>> RENUNCIE A SI MESMO>>>SEGUE JESUS!!
    Mas ninguém quer se sacrificar, é mais fácil pensar que ja estamos salvos !
    Abraços !

    • Sim está tudo predestinado, mas vocês ignoram a palavra de Deus quando dizem que não devem pregar. Percebam que a Fé vem pelo ouvir, o ouvir a palavra de Deus.

      Como bem explicou a primeira irmã, Somos totalmente depravados, e apenas pela graça irresistivel de Deus, operante por sua regeneração e vivificação, é que podem nos levar a Cristo. Entretanto como essa graça e vivificação operam? É justamente atraves da Palavra. Ao ouvir a palavra o Espirito Santo age efetivamente no coração do indivíduo, e fazendo com que mesmo morto, ele ouça sua voz e seja vivificado (“Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” João 5:25), mortos não ouvem, nem escolhem, mas Deus faz com que sua voz seja ouvida pelos mortos (mortos espiritualmente oviamente), produzindo a fé (que é dom de Deus, não escolha humana) e somente aqueles que Deus faz ouvirem é que vêm a Ele.

      Leia a passagem de Ezequiel 37 sobre o vale de ossos secos, é um bela alegoria disso. Veja onde aqueles ossos escolheram ou rejeitaram serem vivificados, o texto é totalmente em primeira pessoa, independe da vontade humana, entretanto, mesmo Deus podendo reviver aqueles ossos diretamente, Ele manda que ezequiel profetize a eles e diga “Ossos secos, ouvi a palavra do Sehor”.

      O arbítrio do homem não é de maneira nenhuma livre, ele é preso ao pecado (“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que TODA a imaginação dos pensamentos de seu coração era SÓ má CONTINUAMENTE.”Gênesis 6:5) Seu arbítrio, por assim dizer, não pode te levar a Deus, apenas afastá-lo dEle. Os unicos que chegaram mais proximos do livre arbítrio foram Adão e Eva, e olha que belo uso eles fizeram dessa liberdade
      .
      Concluindo, A pregação do evangelho é a maneira pela qual Deus escolheu chamar os seus, e produzir neles a Fé para sua salvação. Não sabemos quem Ele escolheu, então temos o dever de pregar a toda criatura.

      Quanto a perda da salvação seu raciocinio esta completamente errado no que você disse a respeito da Doutrina Calvinista.
      Ninguém nasce com a salvação. A salvação é concedida ao eleito ao longo de sua vida, atraves da atuação do Espirito Santo na pessoa, quando ela ouve o evangelho, produzindo nela a fé que é o dom de Deus.
      Para a discussão que você levantou, perceba que existem duas coisas distintas.1- O pecado “acidental” o tropeço no caminhar do Cristão dado que a lei do pecado ainda habita sua carne. 2- O “estar” no pecado, quem esta no pecado não esta em Cristo, se alguém vive em pecado obviamente o Espirito Santo não operou em seu coração. Se a pessoa não produz frutos dignos de arrependimento, nem os frutos do Espirito, ela não esta em Cristo, esta no pecado, logo não é salva, e não é um eleito. Mesmo que tenha “aceitado a Cristo”, ela ira para o inferno.

      Nenhum eleito permanecerá no pecado.

      O Espirito Santo te levará a se esforçar para viver em Santidade, sua própria natureza é pecaminosa, não existe bem nenhum nela (Leia Romanos 7) que te leve a conseguir viver em santidade.

      “Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Filipenses 2:13, para não correr o risco de permitir um erro de interpretação, “sua boa vontade” se refere à vontade de Deus, não à das pessoas a quem Paulo escreve, se não seria “segundo a vossa vontade”.

    • Sim está tudo predestinado, mas vocês ignoram a palavra de Deus quando dizem que não devem pregar. Percebam que a Fé vem pelo ouvir, o ouvir a palavra de Deus.

      Como bem explicou a primeira irmã, Somos totalmente depravados, e apenas pela graça irresistivel de Deus, operante por sua regeneração e vivificação, é que podem nos levar a Cristo. Entretanto como essa graça e vivificação operam? É justamente atraves da Palavra. Ao ouvir a palavra o Espirito Santo age efetivamente no coração do indivíduo, e fazendo com que mesmo morto, ele ouça sua voz e seja vivificado (“Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” João 5:25), mortos não ouvem, nem escolhem, mas Deus faz com que sua voz seja ouvida pelos mortos (mortos espiritualmente oviamente), produzindo a fé (que é dom de Deus, não escolha humana) e somente aqueles que Deus faz ouvirem é que vêm a Ele.

      Leia a passagem de Ezequiel 37 sobre o vale de ossos secos, é um bela alegoria disso. Veja onde aqueles ossos escolheram ou rejeitaram serem vivificados, o texto é totalmente em primeira pessoa, independe da vontade humana, entretanto, mesmo Deus podendo reviver aqueles ossos diretamente, Ele manda que ezequiel profetize a eles e diga “Ossos secos, ouvi a palavra do Sehor”.

      O arbítrio do homem não é de maneira nenhuma livre, ele é preso ao pecado (“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que TODA a imaginação dos pensamentos de seu coração era SÓ má CONTINUAMENTE.”Gênesis 6:5) Seu arbítrio, por assim dizer, não pode te levar a Deus, apenas afastá-lo dEle. Os unicos que chegaram mais proximos do livre arbítrio foram Adão e Eva, e olha que belo uso eles fizeram dessa liberdade
      .
      Concluindo, A pregação do evangelho é a maneira pela qual Deus escolheu chamar os seus, e produzir neles a Fé para sua salvação. Não sabemos quem Ele escolheu, então temos o dever de pregar a toda criatura.

      Quanto a perda da salvação seu raciocinio esta completamente errado no que você disse a respeito da Doutrina Calvinista.
      Ninguém nasce com a salvação. A salvação é concedida ao eleito ao longo de sua vida, atraves da atuação do Espirito Santo na pessoa, quando ela ouve o evangelho, produzindo nela a fé que é o dom de Deus.
      Para a discussão que você levantou, perceba que existem duas coisas distintas.1- O pecado “acidental” o tropeço no caminhar do Cristão dado que a lei do pecado ainda habita sua carne. 2- O “estar” no pecado, quem esta no pecado não esta em Cristo, se alguém vive em pecado obviamente o Espirito Santo não operou em seu coração. Se a pessoa não produz frutos dignos de arrependimento, nem os frutos do Espirito, ela não esta em Cristo, esta no pecado, logo não é salva, e não é um eleito. Mesmo que tenha “aceitado a Cristo”, ela ira para o inferno.

      Nenhum eleito permanecerá no pecado.

      O Espirito Santo te levará a se esforçar para viver em Santidade, sua própria natureza é pecaminosa, não existe bem nenhum nela (Leia Romanos 7) que te leve a conseguir viver em santidade.

      “Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Filipenses 2:13, para não correr o risco de permitir um erro de interpretação, “sua boa vontade” se refere à vontade de Deus, não à das pessoas a quem Paulo escreve, se não seria “segundo a vossa vontade”.

    • Tatiane, essa sua maneira de pensar em relação a predestinação está totalmente errada, não pois é necessário que nos levemos a palavra de Deus, e o evangelho de Cristo, pois nós somos o instrumentos de Deus para a salvação de todo o que crê, nem os anjos tiveram essa honra, mas eu e VC temos.
      Paulo era predestinado por Deus, o um vaso escolhido (At 9.15). Mas Deus levanta Ananias para levar o evangelho para Paulo (At 9.10-11)

      A paz, e graça do nosso Senhor Jesus!

  8. Desejo dá uma resposta lógica e bíblica, haja vista, a bíblia está cheia de referencias pró arminiana,que é omitida em artigos calvinista.Se acreditarmos no calvinismo, serei tentado,quem sabe, fui “predestinado” para isto, de dizer aos pregadores,para deixarem de pregar sermões evangelísticos, porque é inúltil; pedir as igrejas missionárias trazerem de volta seus missionários que estão correndo riscos inúltimente na China, países arabes e outros; deixar de dá oferta missionaria porque segundo a visão calvinista é disperdício, os eleitos vão vir porque já estaõ predestinados, de qualquer forma onde estiverem,será uma questão de Deus de salva9pp-lo.Enquanto satanaaas é o bobo da corte acusando quem já eleito,alías, este está rindo a toa desde que calvino postulou estas idéias usadas por ele,para jogar milhões nos seus braços.Deus nos livre.

  9. entre as duas teses desses teólogos ,ainda prefiro o JESUS .q disse “Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” (João 6 : 37)

    • Eu creio nas palavras do Senhor Jesus Cristo que disse. em João 3. 16 porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigenito para que todo aquele que nele crê nao pereça mas tenha a vida eterna. Em João 10. 9 eu sou a porta se alguem entrar por mim salvá-se-á e entrará e sairá e achará pastagens. em Mateus 7. 13-14 Jesus aconselha. Entrai pela estreita porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz a perdição e muitos São os que entram por ela. e porque estreita é a porta e apertado o caminho que leva a vida e poucos há que a encontrem. se o Senhor Jesus Cristo nos aconselha a escolher o caminho ou a porta. logo temos o direito de escolha. eu escolho servir e adorar a Jesus Cisto. porque ele mim amou primeiro.

  10. Todos que comentaram, tem cada um, coisas corretas e outras não. Mas Noé estava na arca com vários animais, animais de todos os tipos, com vários gostos, mas tiveram que suportar uns aos outros, mesmo com as diferenças. E nós que estamos na arca, que é a presença de Deus, temos que nos suportar em amor, mesmo que minha opinião seja diferente, porque o amor de Cristo que nos une é infinitamente superior às coisas que nos separa.

  11. Sao tantos comentarios que nem li todos…mas vou deixar meu pensamento sobre esse assunto…nao quero dizer quem esta certo ou errado..calvinista ou arminianos, nao cabe a mim julgar isso…embora particularmente nao concordo com a visao calvinista..mas tenho o direito de defender a minha fé como penso de acordo com o que conheço das Sagrada Escrituras…
    Um dos atributos de Deus é a ONISCIENCIA, Deus é onisciente porque conhece todas as coisas…(Gn 18:18-19; Sl 94:9; 139:1-16; Prov 5:3; Luc 16:15; At 15:8,18; Rm 8:27-29; Heb 4:13; 1Jo 3:20)etc..
    O conhecimento de Deus é perfeito, Ele não precisa arrazoar, ou pesquisar as coisas, nem aprender gradualmente – Seu conhecimento, do passado, e do futuro é instantaneo….Sendo Deus conhecedor de todas as coisas Ele sabe quem se perderá; portanto como pode essa pessoa evitar o perder-se? Mas a presciencia de Deus sobre o uso que a pessoa fará do livre arbitrio não obriga a escolher este ou aquele destino. Deus prevê sem intervir.

  12. Ola bom dia, sobre o livre arbitrio, todos nos nem paramos para analisar direito sobre o “ARBITRIO”algo simples que diz q nos temos o controle de nossa vida fazendo aquilo que queremos, desejamos, mas analisemos com calma, antes de nos aceitarmos a Jesus, obviamente eras escravos do pecado entao faziamos aquilo q o diabo queria, mesmo achando q oq faziamos era nossa vontade, e quando aceitamos a Cristo passamos a fazer aquilo que Jesus fez na terra e deixou em sua palavra, entao podemos dizer q nos nao somos livres para decidir oq queremos, como esta escrito “NAO SOU EU MAS CRISTO VIVE EM MIM” oq significa nao faço mais as coisas que quero mais sim oq cristo quer, deixamos a decisao nas maos de cristo pq ele tem sempre o melhor pra nos.

  13. Irmãos, Deus é amor. Deus não é uma pessoa cruel. Sou pastor da Assembléia de Deus no Rio de Janeiro, nasci em lar evangélico, meu pai se converteu em 1935, foi um dos precursores do movimento pentecostal no antigo Distrito Federal, hoje Rio de Janeiro e aprendi as Sagradas Escrituras ouvindo, lendo e rendo o desejo de fazer a vontade de Deus, me submetendo a Ele e aos seus mandamentos. Eramos quatro irmãos. Eu e o terceiro (que já está no Senhor) aceitamos Jesus e nos convertemos ao evangelho de Cristo. Mas minha irmã mais velha e meu irmão mais moço, não se converteram até hoje, apesar das idades avançadas de ambos, embora há anos e incansavelmente, eu tenha pregado a Palavra de Deus a um e ao outro. Está escrito no Livro de Atos dos Apóstolos que Paulo disse ao carcereiro que para ser salvo, bastava crer no Senhor Jesus, e ele e sua casa seriam salvos. Meus irmãos desde pequenos, como eu, ouviram a Palavra de Deus, e hoje, através de mim, continuam ouvindo, e vêm a vida ministerial que tenho e a Obra que faço como servo de Deus. Pergunto a mim mesmo: Por que, se somos filhos dos mesmos pais, ambos evangélicos, criados na mesma família, ouvindo e vendo a vida exemplar de nossos pais, até hoje rejeitam ser crentes e se entregarem a Jesus? A fé vem pelo ouvir e ouvir pela Palavra de Deus. Eles já ouviram e ainda ouvem. Mas não se convertem, Se morrerem hoje, infelizmente, não vão para o céu. Logo, a teoria Arminiana me parece a mais correta, posto que, ao resistirem em aceitar Jesus em seus corações, o fazem e procedem livre e conscientemente, i.e., impedindo que a promessa que foi feita a nossos pais, de sermos os quatro salvos, se concretize em suas vidas. É decisão deles, e não de Deus. João 15.16, nos diz que fomos escolhidos por Jesus, e não nós a Ele, mas na verdade, o fato de sermos escolhidos não impede que a rejeição se opere e despreze a salvação consequente à essa escolha feita por Cristo. As Cartas de Paulo são bastante esclarecedoras no tocante ao aspecto fundamental da decisão que cada criatura faz acerca da sua vida, preferindo a salvação ou não. Finalmente, CRER e Jesus é a chave da Salvação. O Senhor é muito claro, ao dizer no evangelho de João 8. 24, que se não crermos que Ele era o Cristo, morreremos em nossos pecados. Portanto, a Graça Salvadora é CONDICIONAL. A aceita quem quiser, e não por escolha de Deus. Amém.

  14. paz amados na verdade esta sendo um otimo debate.
    li alguns comentarios estou feliz porque aprendi algumas coisas.
    tenho porem a crescentar algo aqui li sobre o livre abritrio onde alguem disse que o livre abritrio do Homem é pela maldade isso naö concordo porque desde a criacao o teve a livre escolha ou bem ou mal Deus naö fez um robo que se move so quando Deus ordena Deus fez um ser diferente a outros que pensa antes de agir.

    vsmos destacar alguns coisas aqui Deus trabalha com princicios e principios tanto no antingo tanto no novo naö muda. um principio de Deus salvacao! salvacao na Biblia é para quem obedece a Deus em Hebreu 5:9 diz que ele veio ser a causa de uma eterna salvacao para todos os que lhe obedecem.
    o homem é livre se quer servir a Deus ou naö ou seja se quer obedecer a voz de Deus ou do diabo.
    porque disemos que Deus é justo.?
    a justiça de Deus entra em vigor para saber se eu e vcs adamos segundo os seus principios de sorte que os que escolherem o mal morrerao e os que escolherem o bem viverao foi assim com Noe e sua Familia escolherem ouvir a voz de Deus e viveram.
    agora se eu dicer que naö quero ser salvo ninguem me pode Obrigar eu so livre, mesmo com o espirito santo eu so livre de escolher ou cre ou nao porque Deus me da esse direito de escolha.
    a palavra so vai produzir fe em meu coracao se eu abri-lo, como esta em apocaliose 3:20 eis que estou a porta e bato se alguem ouvir a minha voz e abrir a porta entrarei em sua casa e com ele searei e ele comigo. se! alguem é para quem quer, ide a terra e pregar o Evangelho quem cre sera salvo.
    tudo é escolha.
    Deus enviou o seu filho ao nao para condenar o mundo mais para que o mundo seja salvo por eles quem nele cre esta salvo quem nao cre esta condenado..

    o homem e livre para escolher tudo.
    dizer que Deus selecionou os salvos isso é ir direitamente contra a Biblia porque a salvacao esta disponivel a todos que se arrependem e aceitem Jesus.
    aquele que cre no filho tem a vida o que nao cre tem a morte. joao 3:36.

    Jesus morreu feito assim um caminho unico e seguro que leva ate ao pai,.
    por outra Deus nao viola nossos principios e nao faz nada que nos nao queremos quando ele apresentou a porta estreita tambem a presentou a larga dando assim o livre abitrio oj poder de escolha ao homem.
    Deus quer salvar todos mas tem todos querem ser salvo porque os praseres dessa vida esta uma delicia embora o homem sabendo que é algo tempolaral ele nao quer largar isso.

    se assim nao fosse na Biblia nao iriamos encontrar passagens dizendo arrependei-vos e convertei-vos a mim.
    Deus poderia falar podem pecar voces ja estao salvo mesmo ou condenados.
    antes no seu amor Deus diz se arrepende e se converte a mim eu tenho algo melhor para ti isso se o homem quizer.

    paz seja com todos

  15. Paz a Todos, primeiramente num quesito de interpretação deve ser visto ambos os lados e cada versiculo biblico interpretado, pois em nenhum momento a bíblia se contradiz e se a mesma se contradiz logo não é verdadeira.
    Existem textos biblicos que defendem os arminianos e outros os calvinista, entao a biblia se contradiz? é como no passado fariseus,sasuceus,helenisticos e entre tantos?
    Quando defendi a trindade, estudei todos os pontos os contras e os prós, não existe linha teologica que deves crer, eu creio na biblia e no que ela diz…. ela sim é minha linha teológica, peço ao Espirito Santo me ensinar meu melhor professor e amigo.
    Minha opnião ( Jesus queria que TODOS viessem ao arrependimento) queria que todos fossem salvos.
    E no quesito livre arbitrio, adao e eva nao tiveram livre arbitrio se seguir a linha de pensamento de alguns comentarios, o unico que teve foi A antiga Srpente o diabo.
    Eu creio na livre escolha.

  16. ja vi muitos debates em redes socias sobre teologia ou qualquer outro , mais nada mais educado e elegante de ambas as partes tantos como ARMINIANO COMO CALVINISMO , gostei muito sempre praticando e aprendendo mais sobre a palavra de DEUS , DEUS abençoe a todos !!

  17. Calvinismo versus Arminianismo: qual das visões está correta?

    Pergunta: “Calvinismo versus Arminianismo: qual das visões está correta?”

    Resposta: O Calvinismo e o Arminianismo são dois sistemas teológicos que tentam explicar a relação entre a soberania de Deus e a responsabilidade humana em relação à salvação. O Calvinismo recebeu este nome por causa de John Calvin (João Calvino), teólogo francês que viveu de 1509 a 1564. O Arminianismo recebeu este nome por causa de Jacobus Arminius, teólogo holandês que viveu de 1560 a 1609.

    Os dois sistemas podem ser resumidos em cinco pontos. O Calvinismo defende a “depravação total”, enquanto o Arminianismo defende a “depravação parcial”. Segundo a “depravação total”, cada aspecto da humanidade está contaminado pelo pecado, e por isso, os seres humanos são incapazes de vir a Deus por iniciativa própria. A “depravação parcial” defende que cada aspecto da humanidade está contaminado pelo pecado, mas não ao ponto de fazer que os homens sejam incapazes de colocar sua fé em Deus por iniciativa própria.

    O Calvinismo defende a “eleição incondicional”, enquanto o Arminianismo defende a “eleição condicional”. A “eleição incondicional” afirma que Deus elege pessoas para a salvação baseado inteiramente em Sua vontade, e não em nada que seja inerente à pessoa. A “eleição condicional” afirma que Deus elege pessoas para a salvação baseado em sua pré-ciência de quem crerá em Cristo para a salvação.

    O Calvinismo defende a “expiação limitada”, e o Arminianismo defende a “expiação ilimitada”. Este, dos cinco pontos, é o mais polêmico. A “expiação limitada” é a crença de que Jesus morreu apenas pelos eleitos. A “expiação ilimitada” é a crença de que Jesus morreu por todos, mas que Sua morte não tem efeito enquanto a pessoa não crê.

    O Calvinismo defende a “graça irresistível” e o Arminianismo, a “graça resistível”. A “graça irresistível” defende que quando Deus chama alguém para a salvação, esta pessoa inevitavelmente virá para a salvação. A “graça resistível” afirma que Deus chama a todos para a salvação, mas muitas pessoas resistem e rejeitam este chamado.

    O Calvinismo defende a “perseverança dos santos”, enquanto o Arminianismo defende a “salvação condicional”. A “perseverança dos santos” se refere ao conceito de que a pessoa que é eleita por Deus irá perseverar em fé e nunca negará a Cristo ou se desviar Dele. A “salvação condicional” é a visão de que um crente em Cristo pode, por seu livre arbítrio, se desviar de Cristo e, assim, perder a salvação.

    Portanto, neste debate entre Calvinismo e Arminianismo, quem está correto? É interessante notar que na diversidade do Corpo de Cristo, há toda a sorte de mistura de Calvinismo e Arminianismo. Há quem apóie cinco pontos do Calvinismo e cinco pontos do Arminianismo, e ao mesmo tempo, há quem apóie apenas três pontos do Calvinismo e dois pontos do Arminianismo. Muitos crentes chegam a um tipo de mistura das duas visões. No final, é nossa visão que os dois sistemas falham por tentar explicar o inexplicável. Os seres humanos são incapazes de compreender totalmente um conceito como este. Sim, Deus é absolutamente soberano e de tudo sabe. Sim, os seres humanos são chamados a fazer uma decisão genuína a colocar sua fé em Cristo para a salvação. Estes dois fatos parecem contraditórios para nós, mas na mente de Deus, fazem completo sentido.

  18. Boa noite. Enquanto se procura pela teologia correta para tal debate, e quem está correto: Calvinista e Arminiano? Vamos cumprir o ide de Jesus, é tão mais simples do que a gente pensa. A gente é que complica tudo. Mais amor aos perdidos.

  19. Muito bons os comentários as teorias de cada lado, tanto calvinistas quanto arminianistas, e apesar de todos comentários que foram baseados na palavra, eles tem suas divergências nas 2 teologias, impossível entendermos a mente de Deus com nossa mente limitada, por isso precisamos da ajuda do Espirito Santo para entendermos a biblia. Mesmo com todos argumentos Calvinistas que são bons, uma coisa me intriga, Se Deus em sua onisciência já predestinou tudo e todos desde a fundação do mundo, porque ele deu a Adão a opção de escolha de comer ou não o fruto proibido, e não me digam que é questão de obediência, pois ser obediente ou não esta atrelado a escolha e quando escolhemos, temos o livre arbítrio de obedecer ou não, de crer ou não. Senão ele não teria colocado o fruto proibido no paraíso. Outro ponto é se somos predestinados a salvação, porque satanás anda ao nosso derredor bramando como um leão buscando a quem possa tragar?’1 Pedro 5:8, seria satanás então um bobo da corte trabalhando em vão contra os predestinados? Pois nessa carta o Apostolo Pedro esta falando com os Cristãos e não com incrédulos.
    Paz seja com todos

  20. se existe essa discussão sobre duas linhas teológicas, onde grandes estudiosos das escrituras sagradas debatem a séculos eu só faço uma pergunta: Se não sabemos quem está salvo ou não, por que isso pertence a Deus, em que momento Deus disse que uma linha teológica está certa e outra está errada?
    o fato de termos que levar o evangelho a todos não anula uma discussão dessas?
    já que todos devem pregar e deixar que essa outra parte o próprio Deus resolve como fazer?
    essa história de linha teológica por causar duas visões (divisão) pode gerar atitude de paralisia para alguns e até o sentimento de sou salvo mesmo, vou dar uma pecadinha aqui que não faz mau…
    acho que a nível de conhecimento da estrutura do que chamamos de Teologia é valido saber o que o Homem falho com suas filosofias foi capaz de fazer com o Evangelho…
    Mas prefiro viver a experiência de pregar e viver o mesmo com a certeza da minha salvação e sem vacilar para não pensar na hipótese de perde-la ou não kkkk ( duas visões)
    Se já sou salvo ou não, e acho que sou, mas só Deus sabe!!! acho que sou meio (HarminiCalvinista) kkkkkkkkkkkk

  21. Eu acredito que estas duas leis ou princípios de Deus existem e se completam ao mesmo tempo, na palavra de Deus vemos claramente a predestinação e o livre arbítrio, na minha modesta opinião estes dois princípios trabalham juntos e não opostos, como a maioria pensa, vejo os dois princípios agindo sobre a criação em harmonia(como uma engrenagem) e não em contradição. Assim também vejo o tema sobre fé e obras, já vi pessoas ensinarem que Paulo e Tiago não concordam sobre este assunto, mas na minha opinião este tema é similar ao assunto abordado, pois a fé e as obras não são opostas ou se contrariam, mas foram dadas para trabalharem em harmonia pois as duas juntas se completam.
    Por isto eu acredito em predestinação sem ser extremo, ou seja somos predestinados e não obrigados a sermos salvos.
    Assim tbm livre arbítrio sem ser em extremo, afinal se formos analisar apesar de termos direito de escolha, mas as nossas escolha são determinadas por Deus, ou seja, as opções de escolha quem determina(predestina) é Deus.

  22. Matheus Trevisan Facundo, qual o motivo que Deus iria predestinar uns, e outro não, se todos nascem na mesma condição, ou seja, inocente, por ventura Deus tem parcialidade, ou o Deus Calvinista é outro, e não o Deus que soprou nas narinas do homem o fôlego da vida, o que ama incondicionalmente? Jesus que trouxe aqui na terra o DNA de Deus, e o representou muito bem falou, “os sãos não precisam de médicos, e sim os doentes” essa condição de parcialidade, predestinando uns e outros não compara-se ao homem, que formam grupinhos para estarem ao seu lado.
    Faço minha as palavras de “souza” que postou a mensagem acima, mostrando as palavras de Jesus “Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” (João 6 : 37. sem ofensas.

    • Quando falei “predestinando uns e outros não compara-se ao homem”
      o correto seria “predestinando uns e outros, não compara-se ao homem”.
      considerá (virgula) entre “outros e não”

  23. A bíblia da margem tanto a um quanto a outro…porém se me disser calvinista estarei anulando o sacrifício de JESUS por mim… lembrando que Deus Amou o ” MUNDO” de tal maneira…. Lembrando que Deus não faz acepção de pessoas … E Deus também não tem prazer na morte do impio… ISSO É BIBLICO!!! Porém o correto é absolver o que ha de bom em cada teoria…. Sem ser ser seguidor de uma ou outra,mas sim ser seguidor de JESUS!!!! DEUS ABENÇOE A TODOS !!!!

    • A L E L U I A S.
      Maravilhosa resposta.
      1cor;1;12; Eu sou de Paulo,e eu,de Apolo,e eu, de Cefas e eu,de Cristo.
      acaso esta Cristo dividido?

      alguns amados se dizem calvinistas e outros armenianos.

      EU SOU DE CRISTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *