Promessa de Deus ou não?Devo lutar ?

Nossa história começa assim no dia 16/02/2016 recebi a primeira mensagem sua. Na madrugada de 02/04/16 para 03/04/16 conversamos pela madrugada e nosso assunto não podia ser outro falávamos de Deus. Na tarde de 03/04/16 na palavra da reunião de mocidade, Deus falou dele pela primeira vez para mim! Após tivemos conversas rápidas e meias sem assuntos, e no dia 18/05/16 Deus permitiu que meu pai sofreu um infarto e decorrente deste acontecimento nos aproximamos mais e cada dia que passava ele enxugava minhas lágrimas e fazia elas transformar em sorrisos arrancados com toda sinceridade e foi me encantando pelo seu companheirismo e seu carinho e cuidava de mim todos os dias e o mais importante orava por mim e pela meu pai.
Madrugada novamente, do dia 28/05/2016 durante um pesadelo horrível ele me salvou, pois acordei com mensagem dele, mas era impossível o telefone tocar naquela noite estava totalmente no silencioso, então ele resolveu me falar que estava sentindo e que vinha orando para saber de Deus sobre nós, incrivelmente era tudo que eu queria ouvir, o meu coração duro começou a se abrir, foram muitas orações nesta parte, não abri o coração para ninguém não me permitia conhecer ninguém, só queria servir a Deus. Começamos a orar e buscar a Deus sobre a vontade dele juntos, a confirmação de Deus, sinais nos recebemos mas queríamos a confirmação de Deus, no dia 12/06/16, Deus quebrou o silêncio, e confirmou nosso namoro, mas nos buscávamos a reposta para o nosso casamento, só nós, e as pessoas que oravam com nós e Deus sabíamos o que passamos esperando na resposta dele, que venho naquela noite nossa que emoção choramos, rimos e fomos gratos à Deus.( Isso tudo em uma distância de 174 Kms em estados diferentes, antes de nos vermos queríamos fazer tudo conforme a vontade de Deus, eu e a minha mãe conhecíamos os pais dele, e ele a minha tia que morava na mesma cidade que ele). Somente no dia 22/06/16, tivemos o nosso primeiro encontro pessoalmente, ele veio com os pais e com a minha tia, até a casa da minha mãe , tivemos uma semana abençoada por Deus, mas ai eu orei quando vi que a guerra ia se levantar para que ele me pedisse para ir embora, caso alguém da minha casa fosse magoá-lo, era uma quarta de manhã orei e ele pediu, íamos juntos para a cidade dele na sexta, mas conhecendo minha mãe(serva Deus, porém atribulada, deixa o inimigo usá-la)temi, e falei para a Deus que não queria que ela o maltratasse, então por mais dolorido que foi naquele momento, preferi eu passar a dor, e mais difícil foi agir naturalmente com a ida dele. No sábado fui até a cidade dele e fomos culto e Deus falou que estaria conosco, e deveríamos vigiar com os pratos. Dez dias depois rompemos, e os pratos vieram e foram, e nessas idas e voltas, eu sempre permanecia orando e até mesmo pedi para Deus, se não fosse da vontade dele que tirasse esse amor do meu coração que só aumenta a cada dia, todo vez que ele se acorda e Deus livra ele dos pratos, sempre sou eu quem estou ali do lado dele, com amor, paciência, cuidando, zelando, sempre fica cheia de chagas espirituais, e machucado, e Deus cuida, e eu mesmo pequena errante estou ali ao lado dele. Porque não reatamos sério? Porquê ele na sua cegueira espiritual em 2016 deu a sua palavra que não voltaríamos mais, e disse para mãe dele que só por esse motivo, que ele deu palavra dele, palavra não se volta atrás. Depois do término, ele caiu em deserto espiritual se afastou de Deus, perdeu tudo materialmente por não vigiar, a tristeza foi imensa. Deus avisou, mas ele pensou que cumpriria comigo, mas hoje ficou muito contente com Deus, que graças a sua infinita misericórdia, ele fortaleceu ele novamente na igreja. Diante de tudo isso, são dois anos orando, jejuando, buscando e cansando muitas vezes. Várias moças apareceu, e foi e muitas não passou de conversas virtuais ou pessoalmente, mas sem qualquer envolvimento. Estou cansando e pergunto para Deus sobre os sinais, e as palavras, pregações de pessoas que vieram de muito longe e Deus mostrou até meu pensamento como sinal que era ele, afinal eu vigio com falsas profecias. Mas será meu Deus até quando vou aguentar as dúvidas dele, e as moças que aparecem do além muitas vezes. Quando vamos na igreja juntos, Deus é muito claro ele entende, mas ele não consegue colocar em prática, medo não sei. Porque ainda continuo em outro estado, e ele espera que Deus confirme e que prepara tudo para que eu me mude para lá. Ele falava com muita esperança de eu ir morar lá.

Uma ideia sobre “Promessa de Deus ou não?Devo lutar ?

  1. Oi!

    Então, confesso que tive certa dificuldade pra entender o que você falava. Não fique chateada comigo, por favor, mas honestamente você está emocionalmente envolvida e talvez isso dificulte um pouco, uma vez que a resposta de Deus as vezes não é bem aquilo que nossas emoções estão sentindo.
    Outra coisa: que “pratos” são esses? Eu não consegui entender..
    O que posso dizer é o seguinte: se você não tem certeza que é da vontade de Deus, o que você deve fazer é pedir a Deus que Ele te responda de forma que não sobre mais nenhuma dúvida. E uma dica: tente não envolver tanto o emocional quando o assunto for descobrir a vontade de Deus sobre você e esse rapaz. O que quero dizer é: não ache que pq ele te faz bem ou pq vocês dois conversam sobre Deus, que necessariamente isso é da vontade de Deus. Pode ser, como tbm pode não ser. As vezes nossas emoções atrapalham a entender e aceitar o que Deus está falando.

    Qualquer coisa responde aqui embaixo que passo meu email ou telefone. (Sou moça. Pode ficar tranquila.)

    Com Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *