Por que no meio evangélico a criança não tem padrinho?

Quando nasce um bebê, no catolismo, acontece um batismo onde a criança passa a ter padrinhos. Porque isso não acontece na doutrina evangélica?

70 ideias sobre “Por que no meio evangélico a criança não tem padrinho?

  1. No catolicismo as crianças são batizadas assim que nascem e o padrinho tem a função de auxiliar os pais na criação e educação da respectiva criança e também de guia-lo no caminho Cristão ou seja (incentivar a ir igreja etc…) Já no meio evangélico a pessoa se batiza quando ela decide iniciar sua vida Cristã levando -se em conta o que o´próprio Jesus fez

          • minha madrinha e meu padrinho exerceram a função muitos bem, sao pessoas muito proximas a mim e eu sei que posso contar em qualquer momento da minha vida, sao meus segundos pais. isso vai da personalidade da pessoa que se torna madrinha e padrinho.

        • Isso é caso muito corriqueiro entre os cristãos, ou seja, a falta de se levar a sério, compromissos assumidos perante Deus, sejam eles quais forem. E por conta disso banaliza-se algo que devia construir e edificar.

      • É por isso que as escolhas sérias na vida não podem ser tomadas apenas para cumprimento de formalidades. Se não conhecemos o “porquê”, não entenderemos o “como”.

  2. EMprimeiro lugar vc pricisa saber que o batismo significa arrependindimento do pecado e uma criança nen sabe o que isto sgni joão disse EUvos batiso com agua para o perdao dos pecado e uma criança ñ pecado pois eles são inocente perante DEUS LEIA

    • Está enganado amigo.. nascemos pecadores pois nossa natureza é adamica, pecaminosa. A criança não se batiza pois não tem consciência do pecado, nem arrependimento. Além do mais, a palavra é clara em dizer “quem CRER e ser batizado será salvo”… nessa ordem, e não o contrário. 🙂

      • Olhe, na igreja católica eles batizam pois Deus disse “deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se lhes assemelham” (Mc 10,14). O bastíamos de João Batista era de conversão para remissão dos pecados, já o de Jesus é para restaurar a nossa alma, ser membro de cristo e filhos de Deus!
        Se não formos batizado seremos apenas criaturas de Deus como o céu, os animais… Se formos batizados seremos FILHOS de Deus, e os padrinho são para ajudar os pais a formarem a criança na igreja, basta o pai ou a mãe ter consciência de quem escolher! Bjs

        • Aonde vc encontra na Bíblia que crianças foram batizadas?
          Crianças eram apresentadas e não batizadas. Tudo que Jesus veio fazer foi para nos salvar e foi batizado em adulto para nosso exemplo quando criança, foi apresentado no templo por Simeão, e a Bíblia não fala em nem um lugar de batismo de crianças, muito menos de comadre ou compadre, isso são invenções da igreja católica….

        • jesus exemplo maximo e remidor de todos que creen foi apresentado aos oito dias de nascido e batizado mais ou menos aos trinta anos de idade devemos imitar a cristo ai sim e quanto as criancas para nao impedir os tais seria dar o exemplo de pureza e nao batismo

      • Seguindo seu raciocínio “…nessa ordem, e não o contrário.” a criança se não foi batizada ela vai para o inferno? Pq ela não consegue nem crer e nem ser batizada, logo pela sua linha de lógica, ela não será salva.

    • Batismo na tradução literal, significa “mergulhar”, é o nascer de novo. Nossa natureza herdada pelo pecado original cometido por Adão e Eva transmitiu à todos essa mancha. Todos nascemos com o pecado original. O batismo para o arrependimento e penitência pregado por João Batista não era o sacramento instituído por Jesus. Foi Jesus quem disse “batizai em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.”. É bem verdade que criança nasce sem pecado e fica sem pecar até a idade da razão, mas este sem pecado é sem pecado de culpa própria. Se fosse o contrário, os pais de Jesus deveriam esperar que Jesus fosse adulto para que Ele decidisse se queria ser circuncidado para ser admitido ao povo escolhido de Deus. Mas não, Maria e José apresentaram Jesus ao templo, pela sua fé em Deus. O batismo que nos torna filhos de Deus foi instituído por Jesus. Quando se fala que está escrito que quem crer e for batizado será salvo isso contém toda a verdade. Mas se um pai crê em Deus e quer isso para si e para sua salvação, quer o que de melhor pode existir em sua vida, este mesmo pai o quanto antes quer dar ao seu filho o Deus da vida, através do batismo. Exemplos assim lemos em atos dos apóstolos quando os que criam eram batizados eles e todos da sua casa. Os pais não deixam os filhos crescerem para decidirem se tomam vacinas, tomam banhos, escovam os dentes oi coisas assim. Quanto mais em se tratando de Deus.

    • Quem te disse imbecil???
      Sabe tudo vc!!!
      Para nos catolicos, as crianças ja nascem com o pecado original!!!
      Me diga pessoa culta se seu filho falecer quando criança, partira sem o batismo? ?
      Se leu a bíblia e soube interpretar sabe que famílias eram batizadas, nao somente os pais….
      Estude mais e venha comentar

  3. Nas igrejas evangélicas, a grande maioria dos recém-nascidos são apresentados a Deus, assim como Jesus foi apresentado e segundo a tradição judaica, foi circuncidado aos 08 dias de vida, mas somente foi batizado aos 30 anos por João Batista, pois a bíblia nos ensina que somente podemos ser batizados quando adultos ou em uma idade em que possamos admitir que precisamos nascer de novo e seguir o ensinamento de Jesus em que ele mesmo nos disse: “Todo aquele que crer e for batizado será salvo”.

    O Catolicismo usou erroneamente o batismo colocando como dogma de que as crianças não seriam salvas se não fossem batizadas, mas isso é um engano, logo que as crianças são reconhecidas por Jesus como puras e dignas do reino de Deus.

    Na questão de padrinhos, podemos usar como exemplo se alguem que, se morrer, adoecer pai e mãe, terá de assumir as responsabilidades dos filhos desse casal, orar, interceder em todo tempo e zelar para que sejam crianças segundo os ensinamentos cristãos, na minha igreja, quando apresentam-se as crianças, são convidadas as testemunhas ou padrinhos como queira, para fazer parte da cerimônia. Podemos citar como exemplo um padrinho bíblico chamado Mardoqueu, conhecido por ter assumido a paternidade de sua sobrinha Ester, uma das mais famosas mulheres na bíblia.
    Deus abençoe e espero ter ajudado.

      • Nada de melhor do que seguir as instruções Bíblicas para que a nossa vida vá bém de acordo com a palavra de Deus que zela por ela para a fazer cumprir.Um abraço a todos e que Deus os abênçoe .

    • Boa resposta até o ultimo parágrafo,se somos imitadores de Cristo,Jesus nao teve padrinho nem madrinha,os avós,tios esses sim serão representantes legais caso os pais faltem.

      • Podemos imaginar que não se trata de questão legal. Na bíblia está escrito em Macabeus 3,43 que devemos cuidar de nosso povo e da sua religião. Ora, como somos todos irmãos em Cristo, cabe a cada um zelar pelo irmão para que nenhum se perca, assim como Jesus falou desse desejo do Pai para com Ele. E em Ezequiel 3,19-21 está escrito que se vemos o irmão pecar e não o corrigimos, ele será prestará conta do seu erro, mas nós também por nossa omissão. Portanto a questão de nos ajudarmos a chegar a gloria eterna vai muito além das formalidades humanas.

    • Eu sempre soube que palavra PADRINHO significa que um acordo foi firmado perante um Padre,ou seja de acordo com a igreja Catolica.Por isso só se exige padrinho qd a cerimonia,sacramento ocorre na igreja Catolica.Nos demais departamentos civil se pede testemunha.

    • Só uma pequena correção Mardoqueu era Primo de Ester.

      Ester 2:7 Ele criara a Hadassa, que é Ester, filha de seu tio, a qual não tinha pai nem mãe; e era jovem bela, de boa aparência e formosura. Tendo-lhe morrido o pai e a mãe, Mordecai a tomara por filha.

      Filha do tio é prima

    • Daniel concordo com quase tudo, menos q Ester e sobrinha de Mardoqueu. Ester cáp. 2 Mardoqueu tinha uma prima chamada Hadassa, que havia sido criada por ele, por não ter pai nem mãe. Essa moça, também conhecida como Ester, era atraente e muito bonita, e Mardoqueu a havia tomado como filha quando o pai e a mãe dela morreram. Por tanto eles eram primos. Ester era filha do seu tio de Mardoqueu..

    • Eu fui criada na igreja evangélica desde criança, e sempre tive padrinho embora nunca tenha sido batizada na católica. Acho muito bom que a criança tenha um vínculo com alguém importante para os pais (no meu caso não é parente e sim amigo), e para mim isso independe de haver um batismo ou não. O padrinho pra mim na verdade é algo simbólico.
      Sempre respeitei muito meu padrinho e me importo muito com a opinião dele. Foi um apoio na minha criação.
      Agora estou grávida e também estamos escolhendo padrinhos para nosso filho.

  4. Prezado irmão, com o nome de padrinho não tem mesmo, mas sempre a família convida alguém para apresentar o bebê. Essa crença de padrinho é porque no caso de acontecer alguma coisa com os pais daquela criança, os padrinhos ficam responsáveis em criá-la. mas isso não passa de uma tradição. Não vejo problema algum em ter padrinho ou não ter. Fica a critério dos pais da criança.Eu, tenho afiliado. Não muda nada, a não ser que a gente tem que sempre dar um presente melhor no aniversário e outras datas.

    • Padrinhos passam a serem compadres e comadres, que significam pai e mãe, na minha opinião pai e mãe só temos um e uma, muitas tradições confundem as pessoas, não tem sentido padrinhos nem de batismo nem de casamentos, pois não podem fazer nada por seus afilhados.

      padrinhos de casamento é só enfeite e nada mais, e padrinhos de batismo de criança é um desperdicio.

      compadre e comadre são pai de santos do candomblé e outras religiões afro.

      Não devemos misturar o sagrado com coisas mundanas. não devemos entregar nossos filhos para serem abençoados por espíritos imundos.

      criança não tem pecado, por isso não precisa ser batizada enquanto criança, a partir da idade de entendimento em que começa a pecar, ai sim se ela quiser se arrepender de seus pecados e ser batizada em nome de Jesus, sem padrinhos e madrinhas, nem comadre nem compadre. quem ira protege-la é nosso pai do Ceus, Jesus Cristo, nosso Salvador.

    • Pessoas que pensam que é bobagem não entendem o significado da expressão e a que ela remete. Por isso muitos escolhem pessoas para serem padrinhos já pensando na questão financeira. Errado, completamente errado. Falta amor, falta comprometimento com o próximo, falta caridade, faltam as virtudes que Jesus nos ensina a pedirmos para bem agirmos com o próximo. Tantos também são os casos em que os tios, avós e até mesmo pessoas bem próximas, esses sim são verdadeiros padrinhos e madrinhas pois amam o afilhado ou afilhada com a um filho. Onde está a formalidade ou o título de padrinho ou madrinha? No coração.

  5. A minha opinião eu acho que confunde a criança sim. A bíblia está escrito ( “ensina os seus filhos no caminho que deve andar” pois quando crescer se se desviar voltará) . Se devemos ensinar nossos filhos no caminho que deve andar porque confundir, a cabeça da criança onde o evangélico não é a favor da maneira que é pregado a palavra. A palavra está escrito ( ensinar o caminho que os seus filhos devem andar ) ensinar a palavra falar quem é Deus e a raiz também. Mais se falamos para o nossos filho você pode comer o doce de come o que da no centro, é só Ora. A palavra fala que antes de comer temos que ora que o mal será desfeito. Mais a palavra fala orai e vigiar. Que o Espírito Santo que é o Espírito de Deus nos guie para o caminho certo da palavra.

  6. minha opinião é que nós devemos buscar as respostas na biblia, pedindo sempre a unção do Espirito santo, conheçendo a verdade nós seremos liberto por ela , que é o proprio Deus, se todos os Homens do mundo disserem que é, más a biblia diz que não, eu fico com a biblia,por que Deus e eu, somos a maioria

  7. Através do batismo testificamos nossa fé em Cristo e nos arrependemos dos pecados cometidos. Isso é uma coisa que não se pode atribuir a uma criança, principalmente recém nascida. Logo devemos ser batizados quando tivermos consciência disso e aceitarmos Jesus como nosso único e verdadeiro salvador. Quanto ao padrinho, na falta dos pais, onde ficam e quais as responsabilidades dos demais familiares da criança ? Parece que ao se escolher um padrinho para um filho, se está escolhendo um herdeiro para aquele filho, onde os demais familiares ficam de fora. Com todo o respeito, não vejo fundamento. Que Deus abençoe a todos

  8. Amo ser madrinha e tenho dois afilhados(casal), educo-os nos caminhos de Cristo, cumpro o meu papel com amor e não vejo nada de errado em a igreja ter criado padrinhos e madrinhas! Hoje minha afilhada é evangélica, mas a educo muito mais nos caminhos de Cristo que a própria mãe que a força a ir a igreja evangélica! Jamais faço a cabeça dela pra ir a católica pois respeito. Sou de acordo demais que bebês sejam batizados, tenho um filho do coração que já fez 4 anos e ainda não é devido burocracias da justiça e nós vemos o quanto é uma criança perturbada, quando recebe oração na igreja melhora muito e creio que ele se libertará disso quando for batizado! Só nós sabemos o que passamos com ele, outras pessoas só vendo pra crer, até na escola vivem orando por ele! Jesus já nasceu filho de Deus, era protegido por Deus e creio que ele não seria contra uma coisa boa mesmo que seja criação da igreja católica, como não vejo que uso de imagens não é pecado se não Deus não teria mandado criar a imagem de um leão e serpente. Nós não adoramos imagens, se fosse pecado ter imagens seria pecado tirar fotos, pois é imagem e as guardamos e admiramos! Usamos imagens para desejar o bem a nós e ao próximo, portanto Deus não nos condenaria! As pessoas julgam, falam demais, deveriam conhecer melhor o catolicismo antes de ficar jogando pedras. Não devemos adorar falsos deuses é isso que ele diz na Bíblia e nosso Deus é o Pai de Jesus Cristo e nosso Pai.

    • Ola senhora, ao ler seu texto sentir a responsabilidade de corrigir porque a biblia diz EM OSEIAS:4,6 ( O MEU POVO MORE POR FALTA DE CONHECIMENTO) mateus:22,29
      VERSICULOS QUE FALA SOBRE IMAGENS
      ISAIAS:40,18 FALA SOBRE IMAGENS
      LEVITICO:26,1
      ISAIAS:42,8 E 17
      ATOS:7,41 E 42
      EFESIO: 5,5
      SALMOS:115,4 EM DIANTE
      LER ESSO, A SUA REGRA DE FÊ A SEGUIR DEVE SER A BIBLIA A PALAVRA DE DEUS
      CONHECEREIS A VERDADE A VERDADE VOS LIBERTARA JESUS E A NOSSA
      IMAGENS, EM ESPIRITO,EM VERDADE

      • É da igreja que veio a bíblia e não o contrário. A tradição viva da igreja e as sagradas escrituras trazem as verdades e ensinamentos do Criador. Isso é confirmado em várias partes onde se lê por exemplo no evangelho de João 21,25 que muitas outras coisas Jesus fez mas que não foram escritas, ou ainda em 2Ts 2,15 onde se exorta o povo a guardar as tradições ensinadas sejam orais ou escritas além de tantas outras passagens. No tocante as imagens, o que precisa ser esclarecido é que ninguém pode e deve colocar algo ou alguém acima de Deus, porque isso está mais do que condenado por Deus, tanto na bíblia como fora dela. Dirigir-se a uma imagem para fazer orações ao protótipo dela será um ato pecaminoso se for colocado no lugar de Deus, quando historicamente compreendemos os fatos aprendemos que na história da humanidade as crenças pagãs acreditavam que aqueles bonecos de barro, madeira, gesso, pedra ou metal, feitos por mãos humanas realmente eram divindades com “poder” para fazer isso ou aquilo. Quanta falta de conhecimento do pobre povo da época. O mesmo acontece com os ícones, que são imagens como fotos por exemplo. Vamos resumir, tudo que for colocado no lugar de Deus é idolatria já condenada pelo criador. Isso vale para o dinheiro, bens materiais, imagens e até pessoas. Isso mesmo, foi Jesus quem disse que quem amar seu parente mais que a Ele, não é digno Dele. Um texto fora do contexto vira um pretexto.

      • eros 21:4 Então, partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, a rodear a terra de Edom, porém o povo se tornou impaciente no caminho.
        Números 21:5 E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito, para que morramos neste deserto, onde não há pão nem água? E a nossa alma tem fastio deste pão vil.
        Números 21:6 Então, o SENHOR mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que mordiam o povo; e morreram muitos do povo de Israel.
        Números 21:7 Veio o povo a Moisés e disse: Havemos pecado, porque temos falado contra o SENHOR e contra ti; ora ao SENHOR que tire de nós as serpentes. Então, Moisés orou pelo povo.
        Números 21:8 Disse o SENHOR a Moisés: Faze uma serpente abrasadora, põe-na sobre uma haste, e será que todo mordido que a mirar viverá.
        Números 21:9 Fez Moisés uma serpente de bronze e a pôs sobre uma haste; sendo alguém mordido por alguma serpente, se olhava para a de bronze, sarava.
        A serpente de broze era uma imagem não era?

    • olhar imagens é natural agora adora-las já é outra coisa. E esse negocio do filhoser pertubado por não ser batizado não é real depende dos ensinamentos dos pais.

  9. Ola, você percebeu quantas vezes você disse: “eu acho”? O problema da igreja católica é que ela ensina a andar conforme “achamos” melhor, e não é isso que Deus quer, Ele quer que andemos conforme a vontade dEle, e a vontade dEle está escrito na bíblia. A bíblia não diz que tem tem algum problema em termos fotos, mas sim há problema em confiar nossa fé nestas imagens, fazermos orações acreditando que uma estátua irá nos ouvir. E a bíblia não fala de fotografias mas fala sim de imagens esculpidas. E quanto ao batismo, ele serve para arrependimento dos pecados, como pode um recém nascido se arrepender, e se pudesse, se arrependeria do que? E uma criança recém nascida também é filho de Deus e tem a mesma proteção que Jesus teve, sendo que Jesus teve muito mais perseguição espiritual do que qualquer recém nascido pelo fato de Ele ser o Cristo.

    • Criticar uma religião é como olhar pelo lado de fora de uma janela e querer conhecer a casa toda. O povo de Deus, que é santo e pecador, nação de sacerdotes, conforme diz no apocalipse e em outras partes bíblicas, criam vamos assim dizer “os problemas”. O que ocorre é que ninguém se isenta desta condição. Tanto é verdade que muitas denominações religiosas existem e cada qual afirma que está pregando a verdade. Ora na segunda carta de Pedro está escrito que nenhuma profecia da escritura é de interpretação pessoal, pois os homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus. No entanto, o que vemos mundo afora é uma realidade bem diferente, muitos seguem aquilo que melhor lhe servir.
      Está coerente o comentário em que se condena colocar a fé acreditando que uma imagem esculpida irá ouvir. Chega a ser até infantil algo assim. Nossa oração feita com fé e confiança chega aos céus e pra isso não precisa de nenhum artifício. O problema está em distinguir a finalidade. Uma imagem esculpida serve para lembrar uma realidade eterna, serve como meio de recolhimento interior, não se trata de passe de mágica ou pirlimpimpim. Tanto é que se uma imagem cair e quebrar basta jogar no lixo. É preciso estar atento a finalidade, pois sendo assim o casal pode colocar sua esposa ou marido em atitude de veneração e idolatria para com o outro a ponto de “endeusá-lo” ou “endeusá-la”. O batismo de João Batista servia para a conversão e arrependimento dos pecados. Bem diferente do batismo que Jesus instituiu onde, por este batismo somos libertos do pecado original de Adão e Eva, o qual herdamos sem culpa própria sendo admitidos a condição de filhos de Deus. Por isso é que o batismo acontece só uma vez na vida da pessoa. Quando passamos a fazer parte do corpo de Cristo assim o somos para todo o sempre, pois como diz o apóstolo Paulo nem a morte nos separará do amor de Cristo. É importante entender que Jesus exortou os apóstolos a batizarem em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ora pois, Jesus sabe com certeza muito mais do que nós podemos compreender. Ao invés da humanidade ficar “filosofando” sobre a questão tentando entender os porquês batizar quando criança ou depois de adulto é preciso perceber que tudo que Jesus fez e instituiu foi por todos nós. Pra que deixar pra depois algo que Jesus tem a me oferecer já, ou pra que privar alguém que amo disso?

  10. Quero agradecer a Daniel Miranda POR ME AJUDAR A ME SENTIR MELHOR POIS, TEMOS PROMOVIDO EM NOSSA IGREJA APRESENTAÇÃO DE BEBÊS COM PADRINHOS, QUE TEM SE COMPROMETIDO A AJUDAR SEUS PAIS E JÁ FOMOS CRITICADOS.
    TEMOS RECEBIDO PESSOAS DE RELIGIÕES DIVERSAS TRAZENDO SEUS FILHOS ATÉ NÓS E FICAMOS ALEGRES COM ISTO. OBRIGADA QUE JESUS TE ABENÇOE

    • Dorival camargo leite,você só pode ser cego e ignorante. Todos os relatos dela foi automaticamente dela,nao de DEle. como voce quer educar/instruir/alimentar uma criança com suas proprias mãos imundas e sem a vontade de Deus? se a sua vida não é biblicamente a sua vida nunca foi de Deus.

  11. Na igreja evangélica, no dia da apresentação o bebe pode ter duas madrinhas? E estas tem que ser obrigatoriamente evangélicas ou podem ser católicas?

  12. A respeito das imagems, na verdade a gente precisa entender o que deus realmente está proibindo, se é o fato de VC ter uma imagem ou é a adoração
    Se você for analisar com calma os textos bíblicos você verá que na verdade deus nunca proibiu que se moldasse uma imagem, perceba que em GN2.7 diz que,
    Então Javé deus modelou o homem com a argila do solo, ou seja a principio o homem era apenas um boneco de barro ou uma imagem, depois logo em seguida foi que deus soprou-lhe nas narinas um sopro de vida, então o primeiro a fazer uma imagem foi o próprio deus, agora dizer que os católicos colocam a sua confiança em uma imagem, ou que acham que aquela imagem tem o poder de salvar ou curar, ai também já é demais, nesse caso você já ta querendo pegar alguns atributos que só pertence a deus, MT7,1-5 e JR17,10
    Eu não posso dizer que só porque os protestantes se ajoelham ou se próstam diante do banco da igreja para orar, que eles estão adorando aquele banco, ou Fazendo pedidos aquele pedaço de madeira, porque um gesto físico não significa adoração, 1SM25,23 1SM24,9 GN33,3 33.6-7 GN18.2 mesmo porque o pensamento e o coração daquela pessoa pode e deve está interligados com o coração de deus, então, como que eu posso querer julgar,ou sondar se apenas deus tem esse poder?

    • Paulo brilhante argumentação muito bem embasada nas verdades que libertam. Quando se quer aprender algo a respeito de um assunto na bíblia é preciso “ver” o que ela fala e ensina a respeito disso em sua íntegra e não apenas “pincelando” algum trecho para melhor adaptar aos interesses privados. Tanto é que muitas passagens contidas nos livros do antigo testamento que são ensinadas nos livros do novo testamento. lembrando que o novo testamento é igual tanto na bíblia católica quanto na bíblia evangélica, são simplesmente deixados de lado pelos não católicos. São elas: Rom 1,12-32 se refere a Sb 13,1-9; Rom 13,1 a Sb 6,3; Mt 27,43 a Sb 2, 13.18;Tg 1,19 a Eclo 5,11;Mt 11,29s a Eclo 51,23-30;
      Hb 11,34 a 2 Mac 6,18; 7,42;Ap 8,2 a Tb 12,15. Pois bem, como fica a questão? Simples! É preciso não selecionar o que convém e abraçar toda a verdade. O fundamentalismo, o pé da letra não é salutar, não convém, não tem raízes sadias e mais, o inimigo cruel, satanás, se aproveita disso para semear a confusão no meio do povo. Vamos a um exemplo atual? O fundamentalistas do grupo terrorista Estado Islâmico. Que todos sigam Jesus, que é a verdade, o caminho e a vida, pois ninguém vai ao Pai senão por Ele. Não pratiquemos a religião de supermercado onde cada um escolhe o que convém. E nada de fazer da bíblia um livro de receitas, onde só se abre nas páginas e trecho de preferências. Vamos recordar, Jesus prefere que renunciemos a tudo, tomemos nossa cruz e o sigamos dia após dia.

  13. Olá irmãos, pra começar Deus não manda ninguém se ajoelhar diante de imagem nenhuma, nem pedir para o “espírito “dela interceder, porque só Jesus e o unico mediador entre Deus e o homem I Tim.2:5. Depois da morte e juízo, Paulo deixa claro em I Corintios cp 15,leia todo. Batismo é arrependido de pecados, outra interpretação fora da bíblia e HERESIA. Jesus e os apóstolos deixaram bem claro que a Biblia e suficiente! Um abraço!

  14. é facil essa resposta jesus quando se batizou ele tinha idade adulta e não tinha esse negocio de padrinho e madrinha não esse negocio de padrinhos é coisa de macumbeiro e de dólares fuja disso amados jesus disse seja meus imitadores. LEIAM A PALAVRA DE DEUS o senhor diz erra o homem por não conhecer o poder de Deus

  15. Jesus Disse: “Deixai vir a MIM os pequeninos (crianças) pois dos tais é o reino do céus” Fui criado em um lar evangélico, mas tinha muitos parentes católicos, e achava interessante ver uma criança pedindo a benção para um padrinho ou madrinha ou alguém mais velho, podendo ser da família ou não. Um sinal de respeito, uma tradição, uma boa tradição, mas como tradição sabemos que muito se perde se fica apenas da formalidades, como dito, se dependesse dos padrinhos, pois muitos nunca perguntaram de como estamos vivendo ou ensinando ou aconselhando, nem todos! imagina só os padrinhos de casamento kkk mas enfim o a pergunta e o pq a criança na igreja evangélica não tem padrinho, uma questão de costume, de tradição… são apresentadas a Deus e toda a Igreja e a família tem que ajudar no desenvolvimento daquela criança, não apenas um padrinho ou madrinha, a questão é responsabilidade destes ou da Igreja na criação e ensinamento desta na coisas de Deus. Paz

  16. cada um deve fazer aquilo que tem vontade.e agrade a deus.nao tem nada de mais vc arruamar padrinho ou madrinha para seu filho.direito dos pais cabe a cada um o querer.DEUS nao irar jugar ou castigar simplesmente vc pq seu filho tem padrinho,pelo amor de DEUS.NAO SEJA CRENTE CARETA.NOS SOMOS LIVRES LIVRES PARA SERVIR A CRISTO.OBEDECER E DIFERENTE COMO EVANGELICOS NAO IREMOS BATIZAR NOSSOS FIHOS PQ SABEMOS QUE ISSO E ERRADO.NAO VEJO NADA DEMAIS ARRUAMAR UM PADRINHO OU TESTEMUNHA.PARA UMA CRIANCA.SE E DEUS QUE OLHARAR POR ELA.

  17. É incrível como as pessoas começam a distorcer as coisas …
    A pergunta foi sobre os padrinhos ou madrinhas ….
    No caso da igreja evangélica esse costume n existe. ..
    Porém igrejas vem se adaptando…
    A necessidade de ter alguém para contar em um momento difícil está cada vez evidente…
    Então a igreja está fazendo a apresentação a Deus mais como uma oração pedindo a bênção. …e é explicando ao msm tempo o significado para que n venha haver entendimentos diferentes a respeito …
    A quantidade n é estipulada porém. ..
    Se deve ponderar que as pessoas escolhidas para a função de auxiliar os ensinamentos da criança sejam realmente capazes dessa tarefa. ..
    É difícil receber orientações de 4.. 6.. ou 8 pessoas e elas n entrarem em contradição entre si….
    É nesse caso acaba fazendo a criança seguir o que ela achar mais conveniente a ela..
    O NOME PADRINHO OU MADRINHA …É USADO PQ É UMA FORMA MAIS RESPEITOSA …ASSIM COMO TIO..TIA..
    fica mais interessante do que dizer vou na casa de fulano…ou vou ver como está o filho do meu amigo que eu ajudei a criar rsrs
    Espero ter ajudado
    Que venha com saúde seus filhos. .

  18. Eu penso que devemos apresentar as crianças pra Deus como diz a palavra de Deus, padrinho e madrinha são um mera tradição que na verdade não funciona na maior parte das vezes, e não está na Bíblia. Que Deus abençoe,

  19. No início da Igreja, os apóstolos obedeceram ao mandato do Senhor: “Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19). No livro dos Atos dos Apóstolos, vemos que os apóstolos foram testemunhas do principal evento da humanidade: a Morte de Jesus por amor à humanidade e Sua Ressurreição.

    Os apóstolos anunciavam o Cristo, e aqueles que aderiam a Ele eram batizados. “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado” (Mc 16,16). Quando Pedro anunciou Jesus para a família de Cornélio, este e toda sua família foram batizados. Ora, será que só havia adultos na família? Quando o carcereiro fez uma experiência de Deus, o que Paulo disse a ele? “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, como também todos os de tua casa”; depois, completou o autor dos Atos dos Apóstolos: “E, imediatamente, foi batizado, junto com todos os seus familiares (cf. Atos 16,31-33). Será que as crianças não faziam parte da família?

  20. Acho que cada pai e mãe deve fazer de acordo com a vontade que Deus colocou em seu coraçao.
    Somos filhos do pecado já nascemos no pecado.
    Não podemos nos comparar a Cristo pois sua mãe maria santíssima foi escolhida pelo anjo para ser mãe dele pois nela não havia pecados.
    Maria é pura.
    Não tem como nos compararmos a Maria.
    Somos todos pecadores filhos do pecado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *