Oque realmente signific a pagina em branco entre o velho e o novo testamento

Ja ouvi que essa pagina em branco indica um tempo em que não foi pronunciado a palavra Deus por reverencia dos judeus a este nome, mesmo se isso realmente for a verdade, a biblia não foi escrita de forma cronologica isso nos diz que estes 400 anos não foram necessariamente momentos antes do nascimento de Jesus

26 pensou em “Oque realmente signific a pagina em branco entre o velho e o novo testamento

    • tem certeza irmão que e somente uma pagina que separa ?
      vc tem absoluta certeza disso ? se vc tem então vc não conhece a palavra do senhor não…
      essa página em branco o chamado ” silencio profetico ”
      antes de falar qualquer coisa procura entender os mistério de Deus

  1. é vero irmão jurandir… porém, contudo, todavia, é interessante
    notarmos que esta página branca – não sei porque inserida ali – pode muito bem induzir o leitor ao erro de achar que a nova aliança, a Graça, vigora a partir do nascimento do Senhor Jesus, e isso não é o que a própria Bíblia diz….

    Há textos na mesma que comprova que somente na cruz, a graça vigora. E isso nos traz luz a nossa mente nos dando o entendimento que entre o nascimento e a cruz, é um período de transição na forma de Deus tratar com o homem – A Graça e a Verdade estava sendo anunciada através do Senhor Jesus, mas, somente na cruz, na morte do cordeiro, é que a graça realmente entra em *vigor.

    “Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna. Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador. Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive? Por isso também o primeiro não foi consagrado sem sangue”. Hebreus, não vou citar capítulo e versículo desta vez, pois isso pode criar cristão preguiçosos, que não leem a Bíblia… quer conferir? leia o livro todo!

    E isso lança por terra um montão de doutrinas que são ensinadas se valendo desse período. Quem não entende isso está fadado a se tornar um cristão judaizante.

    Mas, isso é apenas o que vejo, não sei qual foi a intenção de quem assim a dividiu.

    Paz irmãos!!!

  2. A paz a todos

    As paginas em branco não significam nada, isso é história pra boi dormir, igual esse papo de “Graça” vigorando, irmãos queridos o favor imerecido começou a vigorar desde Gênesis 3 v 15 quando Deus prometeu um Remidor (Goel) ao homem, desde aquele dia essa “Graça” tem sido exercida por Deus aos homens. Não confunda novo pacto com Graça, existe lei na graça e também existe graça na lei. Jesus não aboliu a lei ele a cumpriu/completou.

    • É verdade Weverton, a graça sempre existiu – só não era dada a todos, era privilégio de “alguns”.

      No mais, quando você afirma o que afirma, não está discordando de mim, está discordando da Palavra, veja:

      Porque o FIM DA LEI é Cristo para justiça de todo aquele que crê. “Apóstolo Paulo aos Romanos”.
      Discorde de Paulo!

      Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas PELA FÉ em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. Paulo aos Gálatas.

      Porque a lei foi dada por Moisés; a GRAÇA E A VERDADE VIERAM por Jesus Cristo. “Evangelho de Jesus Cristo conforme escreveu João”
      Discorde de João!

      Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. “Apóstolo Paulo aos Colossenses”

      (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus…
      Porque a lei constitui sumos sacerdotes a HOMENS FRACOS, mas a palavra do juramento (Graça), que VEIO DEPOIS da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.
      “Escritor aos Hebreus”
      Discorde dele também!

      Jesus cumpriu a lei para estarmos (os que N’Ele creem) submissos a Ele, e não a lei mosaica, o antigo rito.

      Paz

      • A paz irmão Ricardo, Tudo bem?

        Você disse: …quando você afirma o que afirma, não está discordando de mim, está discordando da Palavra,… E me apresentou os versos para defender a sua tese, mas se fizermos uma análise exegética de todos os textos que você apresentou veremos que o sentido dos textos não invalidam a Lei, mas a aperfeiçoam tirando toda a interpretação equivocada e adicionais baseados na tradição que tinham importância como se fossem a própria Lei que são chamadas de dogmas, vejamos:
        1- Comecemos com o texto de Romanos 10 v 4 em grego … Επειδη το τελος του νομου ειναι ο Χριστος προς δικαιοσυνην εις παντα τον πιστευοντα. a palavra το τελος têm vários significados que são:
        a) Extremidade;
        b) Finalidade e
        c) o Final ou fim.
        Isso significa que entre três significados o tradutor escolheu aquele que se baseava com as suas idéias isso é interpretação e não tradução, pois o significado da palavra finalidade significa Propósito, objetivo e destinação e o significado da palavra extremidade significa Parte extrema, beira, beirada, borda, cercadura, extremo, margem, orla e fim. O tradutor escolheu o terceiro significado para levar o leitor a não ter sombra de dúvidas sobre o texto, isso é indução, interpretação e não tradução.

        2- A palavra νόμος que significa lei vem acompanhada da palavra εργων que significa trabalho, dogma, funcionalidade. e o tradutor optou pela palavra obra que também está certa. O significado de lei em hebraico significa tribunal, sabemos que em tribunais, muitas sentenças dadas não são previstas na legislação, mesmo assim são sacramentadas; uma vez sacramentadas mesmo não sendo lei, tem peso de lei essa sentença é chamada de Jurisprudência, no legislativo essas são chamadas de medidas provisórias. relacionando esse verso com o anterior, se o objetivo da lei é o Messias, significa que a plenitude da perfeição veio retirar toda imperfeição da lei.

        3- Nesse caso não vou precisar do grego… vejamos de que o texto fala… E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.
        João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem após mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu.
        E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça.
        Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. João 1:14-17. A palavra Plenitude significa completo, pleno ou cheio. É o estado daquilo que foi feito na totalidade, que atingiu a avaliação ou medida máxima. Isso significa que o que foi dado antes por Deus a Moisés só atinge a sua plenitude no Messias.

        4- Esse texto que você cita de hebreus fala de mudança de comando. Alguns Hebreus acreditavam na manifestação de dois Messias baseados nas interpretações proféticas, um seria o Messias BenYosef (filho de José) e o outro Messias BenDavid( Filho de Davi), outros acreditavam que existiria um da casa de Levi e o outro da casa de Davi, mas as profecias foram claras, o Mashiach deve ser da casa de David, e o autor de Hebreus fala sobre isso. No verso 18 diz… Διοτι αθετησις μεν γινεται της προηγουμενης εντολης δια το ασθενες και ανωφελες αυτης·
        Hebreus 7:18 μεν της προηγουμενης significa o comando anterior e o autor ocultou a palavra comando, Moisés profetizou que haveria de vir outro profeta posterior a ele. O verso 19 fala sobre aperfeiçoamento, isso é real, a lei nunca levou ninguém a plenitude, isso só aconteceu com o derramar do sangue do Messias Jesus. Veja que eu não descordei e nem descordo com os Escritores do Novo testamento eu concordo com eles, eu não concordo com a tradução tendenciosa para o português, pois não é tradução é interpretação. O objetivo do tradutor é mostrar a visão do autor e não interpretá-la. Yeshua completou a Torah ele mesmo diz isso. Shalom Aleikhem!

        • Irmão nós os Gentios não precisamos praticar a fé judaica na integra baseado em Atos 15 no concilio de Jerusalém, mas isso não dá o direito aos cristãos de falar mal da Torah, meu amado estude a História da Igreja, o que os romanos fizeram com a fé Messiânica foi covardia, tiraram Yeshua do seu contexto original, tiraram as tradições que os cristãos seguiam, trocaram o simbolo da páscoa, mudaram o ritual da Ceia do senhor e fizeram com que os Gentios odiassem os Judeus. Estude a história, pesquise sobre esse assunto, pesquise sobre as traduções bíblicas, muita coisa vai fazer sentido se você fizer isso, não fique nervoso com o questionamento, eu tenho direito de não concordar com o texto traduzido. A paz seja contigo!

          • Opa, só na bênção meu querido. E você como andas? Estudando muito pelo visto! Espero, que esteja tudo certinho.

            Irmão, gostei do seu comentário, parece muito profundo. Não tenho nada contra seus comentários aqui viu, nem muito menos fiquei nervoso, aliás, porque ficaria – aprendemos uns com os outros: Ninguém é dono da verdade, só Jesus.

            Mas, o irmão me tira umas dúvidas, por favor:

            1 – O que serão dos simples, que sabem mal português, muito menos grego (como é o meu caso), como compreenderão a Vontade do *Pai celeste buscando na Bíblia orientação?

            2 – O que Jesus tem a ver com exegese? Hermenêutica, homilética? conhece algum apóstolo que estudou isso?

            Não me entenda mal querido, só quero saber sua opinião, nada mais.

            E se o irmão puder também, e quiser, me recomenda aí uma boa tradução da Bíblia, ou melhor ainda: se quiser me presentear uma, eu recebo com toda gratidão, posso te passar meu endereço depois.. rsrsrs (seria uma bênção para meus estudos)

            No mais meu querido, paz seja sempre contigo!

          • A paz irmão Ricardo, tudo bem?

            Vou responder esses dois pontos:

            1- Crer no Senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa… A salvação no Messias independe de conhecimento na palavra de Deus.

            2- Na época de Jesus existiam três grupos com discordâncias teológicas muito intensas eram os Fariseus, Saduceus e Essênios. A estrutura de estudos da época tinham outros nomes, ao invés de os Judeus dizerem Exegese quando vão realizar um estudo detalhado ou uma tipologia eles realizam uma Midrash, que é a exegese dos Judeus, exemplo: Mas ele lhes respondeu, e disse: Uma geração má e adúltera pede um sinal, porém, não se lhe dará outro sinal senão o sinal do profeta Jonas;… De que Jesus estava falando? De Ressurreição, de sua própria morte e ressurreição. Isso é uma Midrash; Por que Jesus usou esse exemplo? Porque ele era usado pelos Fariseus que debatiam com os Saduceus a respeito da ressurreição e usavam muitos textos e principalmente esse texto para relacionar a sua afirmação.

            Hoje há grandes traduções como a NVI, a King James, Almeida corrigida, mas todas têm os seus pontos nefrálgicos no que tange a tradução, no entanto o principal está sendo passado, que Jesus veio ao mundo para dar vida eterna para todo o que N’Ele crer. Jo 3v16. Meu irmão eu não estou subestimando você e nem ninguém, porém quando vejo alguém falar mal da lei como se ela fosse ruim eu sou obrigado a realizar uma Midrash para trazer luz a um entendimento que é turvo em relação a esse assunto, pois todos os discípulos de Jesus e também o Apóstolo Paulo estavam pregando contra a Halachah (lei farisaica/Tradição rabínica) e não contra a Torah que foi dada por Deus a Moisés. Eu te recomendo uma bíblia, a mesma que eu uso a BJC, Bíblia Judaica Completa-David H. Stern. Shalom Aleikhem (A paz esteja contigo)!

          • Tudo certinho, graças a Papai do céu!
            E por aí?
            …é irmão, essa é sua opinião… tudo bem, eu também tenho a minha. Como você tem tanta certeza de que a Bíblia Judaica Completa está certa? Para falar a verdade eu estava pensando em adquirir uma bíblia dessas, só para estudo, antes mesmo de você recomendar, mas, primeiro fiz uma breve pesquisa, afinal, internet serve é para isso mesmo. Veja o que encontrei:

            A “Bíblia Judaica Completa” e o “Novo Testamento Judaico” são uma Perversão e Distorção do Claro Significado das Escrituras.
            Para começar, devo dizer que eu não sou, de forma nenhuma, contra o povo judeu, nem sou contra os judeus que passaram a crer em Jesus. Este não é um ataque contra eles, mas um ataque à tentativa do Sr. David Stern de destruir o significado das Escrituras.
            Na página XXI da introdução ao seu Novo Testamento Judaico, o Sr. Stern escreve:
            “… Nesta escala, o Novo Testamento Judaico tende para o final da escala em seguir o método de tradução por Equivalência Dinâmica [que não traduz literalmente cada uma e todas as palavras que Deus fez escrever, mas ao contrário, usa aquelas palavras, mesmo bastante diferentes, que o tradutor entende que seriam melhores, segundo suas posições]. E, em certos pontos, principalmente em relação à questão do Judaísmo [que o tradutor acha que ainda deveria plenamente persistir nas igrejas], ele [o Novo Testamento] se torna militante [extremado e ardoroso em usar e defender a equivalência dinâmica]. Por exemplo, em outras versões a frase grega ‘upo nomon’ é comumente traduzida como ‘sob a lei’. Mas, por conta desta interpretação ter sido usada para fortalecer a Teologia Cristã contrária à Torah, o Novo Testamento Judaico define o significado destas duas palavras em grego usando doze palavras em português: ‘em sujeição ao sistema que resulta de perverter a Torah em legalismo’. (O Tradutor e Suas Interpretações.) O que levanta a questão de saber se o tradutor deve “injetar suas opiniões” para dentro da sua tradução. O Novo Testamento Judaico cautelosamente responde afirmativamente …” – David Stern
            Esta declaração, por si própria, mostra que essa pessoa não deve ser considerada idônea para traduzir as Escrituras, porque ela já parte do pressuposto de uma idéia pré-concebida que quer que seja justificada por meio das Escrituras (ainda que estas – as Escrituras – não comportem tais idéias).
            Qual é o resultado então da nova, previamente desconhecida, tradução que o Sr. Stern faz do termo ‘Lei’? Seu livro de Gálatas transforma o apóstolo Paulo na expressão máxima daquele inimigo que Paulo (de fato) estava combatendo!
            Vamos dar uma olhadela em Gálatas 2:19.
            No Novo Testamento REAL está escrito:
            “Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.” (Gl 2:19 ACF)
            [Esta é a exata tradução mais literal e fiel e competente do Grego, vejam:
            egw gar {PORQUE EU} dia {ATRAVÉS} nomou {DA LEI} nomw {PARA A LEI} apeyanon (5627) {MORRI,} ina {A FIM DE QUE} yew {PARA DEUS} zhsw (5661) {EU VIVA}]
            [Compare isto com] o FALSO Novo Testamento Judaico, de David Stern, que diz:
            “Pois foi através de deixar a Torah falar por si mesma que eu morri para a má interpretação tradicional dela, que é legalista, de modo que eu pudesse viver em relação direta com Deus.”
            Qual o problema [nesta distorção]? Enquanto Paulo claramente afirma que morreu para a Torah, o Sr. Stern tenta fazer Paulo dizer que apenas morreu para a “má interpretação” [legalista] da mesma. E a implicação que o Sr. Stern quer inferir é que Paulo (e, portanto, cada crente em Jesus) ainda permanece sob a obrigação de obedecer a Torah “real”.
            A falseada tradução que o Sr. Sterns fez do livro de Gálatas representa o exato ponto de vista daqueles que Paulo estava combatendo em sua carta! A tradução falsificada do Sr. Stern transforma Paulo em um herói para aqueles a quem Paulo estava combatendo, ao escrever!
            A epístola aos Gálatas é distorcida e pervertida em sua totalidade, pela falsificação de Stern. E essa falsificação pode ser constatada ao longo de toda a sua tradução [do Novo Testamento].
            Se você possui um exemplar da Bíblia Judaica Completa ou do Novo Testamento Judaico, de David Stern, eu lhe encorajo, leitor, a empreender uma comparação da tradução fraudulenta da epístola de Gálatas [na versão de Stern] com uma tradução não falseada do Novo Testamento, a fim de você constatar com os próprios olhos como o Sr. Stern tentou destruir esta epístola de Paulo.
            Esta não é uma inquietação irrelevante. O verdadeiro significado e a essência da Bíblia estão em jogo, aqui. “John Q.”

            Veja amigo a gravidade do assunto, não repare os possíveis erros ortográficos, apenas fiz um CTRL+C e um CTRL+V… Sabe como é né?

            Querido, eu gostaria de indicar um livro para sua apreciação e crescimento espiritual e no conhecimento: Cristianismo Pagão, de Frank Viola.
            Não o tenha como uma verdade inquestionável não, e sim, como uma fonte histórica – muito bacana, recomendo.

            E gostaria de recomendar uma Bíblia bacana também para o irmão, já que não vou receber o meu presente: busque uma Bíblia NVI, em ORDEM CRONOLÓGICA, é excelente. Nela, passamos a ter uma visão panorâmica da mensagem escritas às igrejas (cartas de Paulo), na sequência em que foram escritas, e não na bagunça que fizeram do nosso Novo Testamento; assim, fica bem mais fácil ver texto e contexto, não só contexto bíblico, mas, também histórico dos fatos.

            Deus o abencoe meu querido, persevere na fé e não permita que o muito conhecimento, retire a revelação de Deus para sua vida!

        • Shalom irmão Ricardo,

          Quando eu fiz essa análise exegética das passagens que você me indicou eu não usei a BJC. Quando eu estava para comprar a BJC eu li essa mesma matéria e resolvi comprar mesmo assim, então logo depois de ter comprado comecei a ler, semanas depois a BJC foi considerada pelos teólogos uma das melhores obras teológicas juntamente do Dicionário do Novo testamento também de David H. Stern, isso significa que a opinião que você leu não é unanimidade, você leu uma matéria apenas e já está convicto de que é verdade, pois bem, disserem que Yeshua agia por meio de Belzebu, e aí, se os Discípulos acreditassem nisso? Mas eles optaram em continuar com Ele. Se você pelo simples fato de alguém falar mal vai deixar de adquirir a BJC eu só lamento, e a propósito, muitos Judeus Messiânicos foram preservados desde a Igreja primitiva isso não é contemporâneo, use a internet ela serve para isso, pesquise, e eu já tenho a NVI cronológica e é uma versão muito boa. Irmão eu vi essa análise exegética e ele cravou a tradução, como te disse anteriormente isso é indução, induzindo uma pessoa a comungar de suas idéias, uma palavra até mesmo em nossa língua têm dois ou mais significados, devemos ter cuidado quando cravarmos uma tradução. Meu irmão eu não tenho a intenção de atacar a sua fé, se você entendeu assim me perdoe, você me pediu a indicação e eu dei, baseado no que li e no que os grandes teólogos comentaram, que essa é uma obra muito conceituada. A paz esteja contigo!

          • vao se consertar,e se converter de verdade varaos ,espero que voces ao menos vivam pelo menos 10% do que voces escrevem,só entra no ceu quem aqui for fiel a palavra de DEUS ,nao adianta saber de tudo,estudiosos ,e nao viver nem 10% do que prega ,afffff

      • A paz Junior Rodri,

        Gênesis 3v15 fala da semente da mulher que seria ferida no calcanhar, mas que pisaria a cabeça da Serpente, esse verso tomou um sentido de Messianidade, tanto é que a partir dessa data tanto Adão, quanto Eva esperaram que algum homem nascesse da mulher para que fosse cumprida essa profecia, o significado do nome Caim(Adquirido) reflete esse pensamento e a passagem do nascimento de Enos que relata … E a Sete também nasceu um filho; e chamou o seu nome Enos; então se começou a invocar o nome do Senhor. Gênesis 4:26. O que Lameque disse quando Noé nasceu… Este nos consolará acerca de nossas obras e do trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o Senhor maldiçoou.
        Gênesis 5:29, estão baseados todos nessa esperança do conceito de remissão baseado na promessa de Deus a mulher… Após o dilúvio Deus escolheu Abraão e faz uma aliança com ele, confirmou-a a Isaque e ratificou-a a Jacó. Jacó profetiza que de Judá nasceria Siló Gênesis 49v10. Na cultura hebraica a semente genealógica é do homem, em toda a cronologia bíblica vemos os filhos relacionados à casas Paternas, a própria Genealogia de Jesus em Mateus 1 e em Lucas 3 se refere a essa casa Paterna, porém Jesus nasceu de uma virgem cumprindo assim o prometido por Deus a Mulher em Gênesis 3v15 e profetizado por Isaías que diz… Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Isaías 7:14. Cumprindo assim a promessa profetizada por Deus a mulher e por intermédio de Isaías a Acaz. A paz esteja contigo!

      • A paz do senhor,

        Realmente na bíblia não há um texto que relate isso, porém segundo estoriadores essa página em branco significa o período de 400 anos, também conhecido como período intertestamentário ou periodo do silêncio da era profética do antigo testamento, onde Deus deixou de falar ao coração do homem,(acredito eu que por que todas as professias do Messias já haviam sido ditas ) onde havia falado pela última vez em Malaquias e voltou a falar em João Batista.

        • Na verdade moça, foram os rabinos fariseus que alegaram isto para poder ter um pretexto para renegar os 7 deuterocanônicos introduzidos na Biblia pela comunidade judaica de Alexandria. Os historiadores são, em sua maior parte, ateus ou deístas, dai que para eles todas estas concepções são apenas um pouco melhor que fábulas.

          Segundo os mesmos rabinos fariseus, depois de Malaquias NUNCA MAIS HOUVE NENHUM PROFETA, assim sendo, se formos dar fé a palavra da sinagoga farisaica teremos Cristo Jesus por mentiroso afinal este atestou que João Batista era um profeta.

        • Irmãos a paz de Deus para todos, realmente não temos o tempo exato do período intertestamentário, mais temos um versículo em gálatas 3:17 que nos mostra um intervalo de 430 anos, considerando o tempo que o nosso Senhor se ascendeu aos céus temos os quatrocentos anos simbolizados e falado pelo os estudiosos da palavra de Deus.

          Que a paz e o amor de Deus esteja com todos!!

  3. não para responder a pergunta sobre a página em branco,mas para fazer uma observação em relação aos comentários,que me passou a impressão de uma leve discussão teológica. Não sou cristão,e estava procurando qualquer coisa sobre Deus aqui na internet e me deparei com os comentários que me chamaram atenção…que diferença faz pra nós hoje se Deus parou ou não de falar com o povo naquela época ?

  4. Se todos estão dando opiniões, também vou deixar a minha.
    Ficam todos discutindo dizendo o que acham que é verdade e desfazendo a palavra do próximo.
    Alguém lançou uma pergunta que eu tenho certeza que não teve uma resposta clara porque os irmão ficam confundindo a cabeça de quem tem duvida.
    Gente por favor, postar alguma coisa e provando com a bíblia, para dar certeza ao perguntador.
    Pois a palavras de DEUS(BÍBLIA) não é para causar contendas ou discussões inúteis, mas para o conhecimento da verdade e conversão ao verdadeiro evangélio

  5. Eu acredito que essa pagina em branco representa o período em que os apóstolos apenas ensinavam e pregavam tudo de forma oral e não escreviam, só 50 anos depois é que Paulo começou a escrever.

  6. Boa tarde a todos!
    Eu acredito que somos salvos pela graça de Cristo,quando Cristo morreu na cruz Ele deu o direito de salvação a todos. A lei de Deus anda junto com a graça, é automático quando aceitamos a Cristo guardar a lei, pois Cristo resumiu a lei de 10 mandamentos em dois mandamentos, amor a Deus e amor ao próximo!
    Em êxodo 20:1-17 temos os 10 mandamentos, quando lemos conseguimos perceber que do primeiro ao quarto mandamento é amor a Deus e do quinto ao décimo é amor ao próximo . Então quando aceitamos a Cristo, guardamos os seus mandamentos, pois está escrito em 1João 2:4 (aquele que diz: eu O (Deus) conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso,e nele não está a verdade), isso está no novo testamento, e em Thiago 2:10 diz: (aquele que guardar todas a lei e tropeçar em um só ponto tornou-se culpado de todos), quando guardamos a lei de Deus amamos nosso próximo,## não matando,nao roubando, não adulterando,nao cobiçando, não dizendo falso testemunho Contra nosso próximo,honraremos nossos pais! ## esses são amor ao próximo, e o amor a Deus é ## não tendo outro Deus além do nosso Deus, não tomando o nome do senhor em vão, não fazendo imagem de esculturas, guardando o sábado ## esse é amor a Deus!

    Esses mandamentos foram dados a Moisés no monte Sinai , escritos com o dedo de Deus ( o próprio Deus escreveu ),
    Não podemos confundir a lei de Deus (os dez mandamentos) , com as 600 leis de Moisés , pois as 600 leis eram para o tempo em que eles viviam em tendas, vagando pelo deserto, pois precisavam de uma organização entre o povo.
    Essas 600 são as que não precisamos Q pois era apenas para a época!

    Mas os 10 mandamentos guardaremos até na nova Terra , é uma aliança perpétua que Deus deu a seu povo.

    Que nosso Deus nos dê a cada dia sabedoria para que possamos compreender a sua palavra!
    Deus esteja com TDs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *