Cristão e política

POLÍTICOS EVANGÉLICOS.
SERÁ QUE ELES NOS REPRESENTAM?

Não é no mínimo curioso que uma bancada que se diga em nome de Deus, vote contra direitos trabalhistas como a CLT, que garante tantos benefícios ao trabalhador? De que lado será Jesus estaria? Dos patrões e empresários ou do povo e do proletariado?

Ainda assim, por alguma razão, 70% dos deputados evangélicos da Câmara dos Deputados – deste país onde o estado se diz laico– votou a favor da reforma trabalhista proposta pelo presidente Michel Temer, que afrouxa os vínculos do trabalhador com a empresa e permite toda e qualquer terceirização no setor, diminuindo benefícios e garantias do funcionário, e aumentando o lucro do empresário.
Isto demostra o quanto nossas igrejas estão podres corrompidas pelo poder e dinheiro (Mamom).
Foram 231 votos que garantiram a reforma trabalhista, dos quais, 79 evangélicos, ou seja, a bancada da Bíblia sozinha foi responsável por quase 40% do total necessário pra se obter essa aprovação.

Abaixo você confere a lista dos deputados da bancada evangélica que votaram a favor da reforma trabalhista e contra os direitos dos trabalhadores. Vale memorizar o nome de cada um para não serem eleitos nunca mais, afinal, mais do que nunca, precisamos de uma limpeza neste antro de sujeira e corrupção que se tornou o nosso país.
Provavelmente votarão a reforma da previdência onde teremos que contribuir 49 anos para receber a aposentadoria integral à partir dos 65 anos de idade.
O pior que a maioria deste deputados se elegeram as custas das ovelhas do senhor que na sua esmagadora maioria é constituída de pessoas humildes e trabalhadoras.
Presidentes de ministérios apoiaram estes lobos devoradores e agora se calam pois possuem “rabo preso” com os mesmos.
Tinham de tudo para representar cristo no congresso e se tornarem “Joses do Egito”. Porém se tornaram amantes de sí mesmo, sem afeto natural e não se atentaram as bem aventuranças descritas no sermão da montanha.

Deputados evangélicos que votaram a favor da reforma:

AGUINALDO RIBEIRO (PP-PB)
ANDRÉ ABDON (PP-AP)
ANDRE MOURA (PSC-SC)
ANTONIO BULHOES (PRB-SP)
AROLDE DE OLIVEIRA (PSC-RJ)
BRUNA FURLAN (PSDB-SP)
CARLOS GOMES (PRB-RS)
CARLOS MANATO (SD-ES)
DIMAS FABIANO (PP-MG)
EDMAR ARRUDA (PSD-PR)
EDUARDO BOLSONARO (PSC-SP)
ELIZEU DIONIZIO (PSDB-MS)
EZEQUIEL TEIXEIRA (PTN-RJ)
FABIO SOUSA (PSDB-GO)
JHONATAN DE JESUS (PRB-RR)
JOAO CAMPOS (PRB-GO)
JORGE TADEU MUDALEN (DEM-SP)
JOSUÉ BENGSTON (PTB-PA)
JULIA MARINHO (PSC-PA)
LAERCIO OLIVEIRA (SD-SE)
LEONARDO QUINTAO (PMDB-MG)
LINDOMAR GARÇON (PRB-RO)
LUIZ LAURO FILHO (PSB-SP)
MARCELO ALVARO (PR-SP)
MARCIO MARINHO (PRB-BA)
NILTON CAPIXABA (PTB-RO)
PASTOR EURICO (PHS-PE)
PROFESSOR VICTORIO GALLI (PSC-MT)
ROBERTO ALVES (PRB-SP)
ROBERTO SALES (PRB-RJ)
ROMULO GOUVEIA (PSD-PB)
SERGIO BRITO (PSD-BA)
SHERIDAN (PSDB-RR)
SILAS CAMARA (PRB-AM)
TONINHO WANDSCHEER (PROS-PR)
VINICIUS CARVALHO (PRB-SP)
WALNEY ROCHA (PEN-RJ)

QUEM CALA CONSENTE COM A MAIORIA.
Como diria o pastor e ativista dos direitos civis norte americano Matin Luter King:
“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons”
Os deputados seguintes, simplesmente se absteram de votar. Vale lembrar que abstenção é um voto que conta a favor sem que você tenha que declarar seu voto. É uma maneira de ficar em cima do muro pra não perder voto.

ANTONIO JACOME (PTN-RN)
JAIR BOLSONARO (PSC-RJ)
MARCOS SOARES (DEM-RJ)
MARCO FELICIANO (PSC-SP)

E por fim, estavam presentes na sessão, mas simplesmente não votaram (????) os seguintes deputados evangélicos:

ALTINEU CORTES (PMDB-RJ)
CARLOS ANDRADE (PHS-RO)
ERIVELTON SANTANA (PEN-BA)
FABIO GARCIA (PSB-MT)
FERNANDO FRANCISCHINI (SD-PR)
GILBERTO NASCIMENTO (PSC-SP)
SOSTENES CAVALCANTE (DEM-RJ)
TIA ERON (PRB-BA)

Esta é a lista dos que se dizem cristãos, mas são inimigos do povo, logo, inimigos de Cristo. Não dá pra ter uma conclusão melhor, não é mesmo?
Pois a lei se cumpre em apenas dois mandamentos:
Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a sí mesmo.

4 ideias sobre “Cristão e política

  1. A flexibilização da CLT é uma saída para gerar mais empregos. Com a crise que estamos vivendo ter um empregado “custa caro”, a flexibilização irá tornar a vida dos empresários mais fáceis… e a consequência disso é mais contratação, redução do desemprego. Uma via de mão dupla, todo mundo sai ganhando.

    Dá uma lida nesse artigo: http://veja.abril.com.br/blog/cacador-de-mitos/por-que-os-trabalhadores-fogem-dos-paises-com-8220-melhores-8221-leis-trabalhistas/

    NÃO SOU A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

  2. A flexibilização da CLT é uma saída para gerar mais empregos. Com a crise que estamos vivendo ter um empregado “custa caro”, a flexibilização irá tornar a vida dos empresários mais fáceis… e a consequência disso é mais contratação, redução do desemprego. Uma via de mão dupla, todo mundo sai ganhando.

    Dá uma lida nesse artigo: http://veja.abril.com.br/blog/cacador-de-mitos/por-que-os-trabalhadores-fogem-dos-paises-com-8220-melhores-8221-leis-trabalhistas/

    NÃO SOU A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA!!

  3. Acompanho as atividades políticas pela TV, jornais e redes sociais
    Ouço assisto e guardo para mim. Às vezes oro pelo político ou por quem fez determinada declaração. Entretanto, não costumo me envolver nem a favor e nem contra nada do que ouço ou assisto.
    Concordando ou não, guardo minha opinião. É meu direito e não admito ser chamado de covarde, alienado, de que fico em cima do muro, etc.
    Cada um é livre para ser honesto e trabalhar direito, principalmente quando está na defesa do povo mais fraco e frequentemente oprimido. Não creio que haja um único político que ignore essa condição. Portanto eles que prestem contas de seus atos e ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *