20 ideias sobre “Por que no meio evangélico a criança não tem padrinho?

  1. No catolicismo as crianças são batizadas assim que nascem e o padrinho tem a função de auxiliar os pais na criação e educação da respectiva criança e também de guia-lo no caminho Cristão ou seja (incentivar a ir igreja etc…) Já no meio evangélico a pessoa se batiza quando ela decide iniciar sua vida Cristã levando -se em conta o que o´próprio Jesus fez

  2. EMprimeiro lugar vc pricisa saber que o batismo significa arrependindimento do pecado e uma criança nen sabe o que isto sgni joão disse EUvos batiso com agua para o perdao dos pecado e uma criança ñ pecado pois eles são inocente perante DEUS LEIA

  3. Nas igrejas evangélicas, a grande maioria dos recém-nascidos são apresentados a Deus, assim como Jesus foi apresentado e segundo a tradição judaica, foi circuncidado aos 08 dias de vida, mas somente foi batizado aos 30 anos por João Batista, pois a bíblia nos ensina que somente podemos ser batizados quando adultos ou em uma idade em que possamos admitir que precisamos nascer de novo e seguir o ensinamento de Jesus em que ele mesmo nos disse: “Todo aquele que crer e for batizado será salvo”.

    O Catolicismo usou erroneamente o batismo colocando como dogma de que as crianças não seriam salvas se não fossem batizadas, mas isso é um engano, logo que as crianças são reconhecidas por Jesus como puras e dignas do reino de Deus.

    Na questão de padrinhos, podemos usar como exemplo se alguem que, se morrer, adoecer pai e mãe, terá de assumir as responsabilidades dos filhos desse casal, orar, interceder em todo tempo e zelar para que sejam crianças segundo os ensinamentos cristãos, na minha igreja, quando apresentam-se as crianças, são convidadas as testemunhas ou padrinhos como queira, para fazer parte da cerimônia. Podemos citar como exemplo um padrinho bíblico chamado Mardoqueu, conhecido por ter assumido a paternidade de sua sobrinha Ester, uma das mais famosas mulheres na bíblia.
    Deus abençoe e espero ter ajudado.

  4. Prezado irmão, com o nome de padrinho não tem mesmo, mas sempre a família convida alguém para apresentar o bebê. Essa crença de padrinho é porque no caso de acontecer alguma coisa com os pais daquela criança, os padrinhos ficam responsáveis em criá-la. mas isso não passa de uma tradição. Não vejo problema algum em ter padrinho ou não ter. Fica a critério dos pais da criança.Eu, tenho afiliado. Não muda nada, a não ser que a gente tem que sempre dar um presente melhor no aniversário e outras datas.

    • Padrinhos passam a serem compadres e comadres, que significam pai e mãe, na minha opinião pai e mãe só temos um e uma, muitas tradições confundem as pessoas, não tem sentido padrinhos nem de batismo nem de casamentos, pois não podem fazer nada por seus afilhados.

      padrinhos de casamento é só enfeite e nada mais, e padrinhos de batismo de criança é um desperdicio.

      compadre e comadre são pai de santos do candomblé e outras religiões afro.

      Não devemos misturar o sagrado com coisas mundanas. não devemos entregar nossos filhos para serem abençoados por espíritos imundos.

      criança não tem pecado, por isso não precisa ser batizada enquanto criança, a partir da idade de entendimento em que começa a pecar, ai sim se ela quiser se arrepender de seus pecados e ser batizada em nome de Jesus, sem padrinhos e madrinhas, nem comadre nem compadre. quem ira protege-la é nosso pai do Ceus, Jesus Cristo, nosso Salvador.

  5. A minha opinião eu acho que confunde a criança sim. A bíblia está escrito ( “ensina os seus filhos no caminho que deve andar” pois quando crescer se se desviar voltará) . Se devemos ensinar nossos filhos no caminho que deve andar porque confundir, a cabeça da criança onde o evangélico não é a favor da maneira que é pregado a palavra. A palavra está escrito ( ensinar o caminho que os seus filhos devem andar ) ensinar a palavra falar quem é Deus e a raiz também. Mais se falamos para o nossos filho você pode comer o doce de come o que da no centro, é só Ora. A palavra fala que antes de comer temos que ora que o mal será desfeito. Mais a palavra fala orai e vigiar. Que o Espírito Santo que é o Espírito de Deus nos guie para o caminho certo da palavra.

  6. minha opinião é que nós devemos buscar as respostas na biblia, pedindo sempre a unção do Espirito santo, conheçendo a verdade nós seremos liberto por ela , que é o proprio Deus, se todos os Homens do mundo disserem que é, más a biblia diz que não, eu fico com a biblia,por que Deus e eu, somos a maioria

  7. Através do batismo testificamos nossa fé em Cristo e nos arrependemos dos pecados cometidos. Isso é uma coisa que não se pode atribuir a uma criança, principalmente recém nascida. Logo devemos ser batizados quando tivermos consciência disso e aceitarmos Jesus como nosso único e verdadeiro salvador. Quanto ao padrinho, na falta dos pais, onde ficam e quais as responsabilidades dos demais familiares da criança ? Parece que ao se escolher um padrinho para um filho, se está escolhendo um herdeiro para aquele filho, onde os demais familiares ficam de fora. Com todo o respeito, não vejo fundamento. Que Deus abençoe a todos

  8. Amo ser madrinha e tenho dois afilhados(casal), educo-os nos caminhos de Cristo, cumpro o meu papel com amor e não vejo nada de errado em a igreja ter criado padrinhos e madrinhas! Hoje minha afilhada é evangélica, mas a educo muito mais nos caminhos de Cristo que a própria mãe que a força a ir a igreja evangélica! Jamais faço a cabeça dela pra ir a católica pois respeito. Sou de acordo demais que bebês sejam batizados, tenho um filho do coração que já fez 4 anos e ainda não é devido burocracias da justiça e nós vemos o quanto é uma criança perturbada, quando recebe oração na igreja melhora muito e creio que ele se libertará disso quando for batizado! Só nós sabemos o que passamos com ele, outras pessoas só vendo pra crer, até na escola vivem orando por ele! Jesus já nasceu filho de Deus, era protegido por Deus e creio que ele não seria contra uma coisa boa mesmo que seja criação da igreja católica, como não vejo que uso de imagens não é pecado se não Deus não teria mandado criar a imagem de um leão e serpente. Nós não adoramos imagens, se fosse pecado ter imagens seria pecado tirar fotos, pois é imagem e as guardamos e admiramos! Usamos imagens para desejar o bem a nós e ao próximo, portanto Deus não nos condenaria! As pessoas julgam, falam demais, deveriam conhecer melhor o catolicismo antes de ficar jogando pedras. Não devemos adorar falsos deuses é isso que ele diz na Bíblia e nosso Deus é o Pai de Jesus Cristo e nosso Pai.

  9. Ola, você percebeu quantas vezes você disse: “eu acho”? O problema da igreja católica é que ela ensina a andar conforme “achamos” melhor, e não é isso que Deus quer, Ele quer que andemos conforme a vontade dEle, e a vontade dEle está escrito na bíblia. A bíblia não diz que tem tem algum problema em termos fotos, mas sim há problema em confiar nossa fé nestas imagens, fazermos orações acreditando que uma estátua irá nos ouvir. E a bíblia não fala de fotografias mas fala sim de imagens esculpidas. E quanto ao batismo, ele serve para arrependimento dos pecados, como pode um recém nascido se arrepender, e se pudesse, se arrependeria do que? E uma criança recém nascida também é filho de Deus e tem a mesma proteção que Jesus teve, sendo que Jesus teve muito mais perseguição espiritual do que qualquer recém nascido pelo fato de Ele ser o Cristo.

  10. Quero agradecer a Daniel Miranda POR ME AJUDAR A ME SENTIR MELHOR POIS, TEMOS PROMOVIDO EM NOSSA IGREJA APRESENTAÇÃO DE BEBÊS COM PADRINHOS, QUE TEM SE COMPROMETIDO A AJUDAR SEUS PAIS E JÁ FOMOS CRITICADOS.
    TEMOS RECEBIDO PESSOAS DE RELIGIÕES DIVERSAS TRAZENDO SEUS FILHOS ATÉ NÓS E FICAMOS ALEGRES COM ISTO. OBRIGADA QUE JESUS TE ABENÇOE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>